Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17688
Título: Contributo para a adaptação do protocolo de entrevista forense do NICHD ao contexto português
Autor: Gonçalves, Sílvia Ferreira
Orientador: Matos, Raquel
Ribeiro, Catarina
Palavras-chave: Abuso sexual
Protocolo de entrevista forense NICHD
Linguagem
Memória
Sexual abuse
Forensic Interview Protocol NICHD
Language
Memory
Data de Defesa: 8-Jul-2013
Resumo: O abuso sexual de crianças assume-se enquanto problema mundial, afetando em vários níveis a vida das crianças. Considerando que existe um significativo número de casos encobertos, relativamente a esta problemática, aqueles que conseguem a sua revelação apresentam maioritariamente como única fonte de informação e prova, a criança, o seu relato. Neste sentido, surge o Protocolo de Entrevista Forense do NICHD – National Institute of Child Health and Human Development -, com o intuito de maximizar as competências da criança a nível de relato, potenciando a capacidade de facultar informação sobre um evento abusivo. Estando comprovada a eficácia do protocolo, entendeu-se que seria importante a sua adaptação ao contexto português, adaptação esta que já se iniciou em estudos anteriores. Desta forma, esta investigação pretende sobretudo estudar as capacidades de relato da criança, sobretudo a capacidade fornecer informação consistente sobre um determinado evento, comprovando assim as potencialidades do tipo de questões que integram o protocolo. Como tal, para este estudo foram utilizados dois grupos de crianças, correspondendo a um grupo de 17 crianças em idade escolar, a quem foi recolhida informação sobre um determinado evento através da aplicação do protocolo; e a um grupo de 14 crianças, a quem foi realizada uma entrevista por um psicólogo “não especialista” em entrevista forense. Como tal, em última análise pretende-se estudar a capacidade de maximizar as competências da criança enquanto informante competente para a investigação de determinada problemática. Desta forma, os resultados deste estudo comprovam que a utilização do protocolo potencia um relato mais detalhado e consistente por parte da criança, comparativamente a entrevistas realizadas sem recurso ao mesmo.
Child sexual abuse is assumed to be a worldwide issue, having an impact on children’s lifes in several levels. Considering that a significant number of concealed cases exist, concerning this problematic, those who can have their disclosure present predominantly as only source of information and proof, the child, her report. Therefore emerges the Forensic Interview Protocol by the NICHD – National Institute of Child Health and Human Development – aiming to improve the child’s skills in the report level, strengthening the ability of giving information about an abusive incident. Being confirmed the protocol’s efficiency, it was important to adapt it to the Portuguese context, which was already initiated by previous studies. In this way, this investigation, above all, intends to study the child’s report abilities, especially the capability of providing consistent information about a specific event, verifying the potential of the type of questions that integrate the protocol. As such, for this study two groups of children were analyzed, what corresponded to a group of 17 children in school age, from who was collected information about a particular event through the application of the protocol; and a group of 14 children, to who was made an interview with a “non-specialist” psychologist in forensic interview. As such, ultimately it was intended to study the ability of improving the child skills as a qualified informer for the investigation of a particular problematic. In this way, the results prove that the use of protocol encourages a more detailed and consistent report by the child, in comparison with interviews that did not use it.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17688
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Sílvia.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.