Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17478
Título: Estratégias de vida utilizadas pelas famílias monoparentais femininas em situação de vulnerabilidade social
Autor: Malícia, Ana Rita Ramos Marques
Orientador: Amaro, Maria Inês
Palavras-chave: Famílias Monoparentais Femininas
Exclusão Social
Vulnerabilidade
Estratégias de Vida
Female Single-Parent Families
Social Exclusion
Vulnerability
Strategies of Life
Data de Defesa: 1-Out-2012
Resumo: A presente dissertação de mestrado é fruto do trabalho realizado ao longo de três intensos semestres sobre as estratégias de vida utilizadas pelas famílias monoparentais femininas para fazer face à sua condição de vulnerabilidade. Pretende-se dar um contributo para a compreensão teórica sobre o tema, tendo em conta o que já foi desenvolvido por diferentes autores. A partir da análise da bibliografia selecionada, a vulnerabilidade na monoparentalidade é compreendida sob o ponto de vista de género, ressaltando as incipientes oportunidades e qualidade de trabalho para as mulheres. As onze entrevistas realizadas a progenitoras que têm a cargo menores e são acompanhadas por serviços sociais, foram essenciais para perceber, na primeira pessoa, as dificuldades de inserção laboral, a vivência da monoparentalidade, a relação com a assistência devido à vulnerabilidade sentida, a frágil rede de apoio, os recursos pessoais, bem como as estratégias de vida criadas para ultrapassar as situações menos positivas. Denota-se ser necessário a promoção de políticas sociais ativas dirigidas às famílias com apenas um progenitor, pois as medidas específicas de apoio a estas famílias são escassas e apresentam um cariz assistencialista. De forma a ultrapassar a vulnerabilidade social, as progenitoras adotam estratégias de vida das quais sobressaem a forte aliança entre mães e descendentes, o reconhecimento da felicidade em pequenos acontecimentos diários, a adoção de pensamentos positivos, a importância da força interior, bem como a gestão apertada dos recursos financeiros.
This dissertation is the result of the work carried over three intense semesters about life strategies used by monoparental female families facing social vulnerability. Therefore we aim to contribute to the theorical understanding of the subject, taking into account what has already been developed by different authors. Based on the selected bibliography, the vulnerability in single parenthood is understood from the point of view of gender, highlighting the incipient opportunities and quality of work of women. The eleven interviews conducted with lone mothers, who take care of their children and are accompanied by social services, were essential to understand the difficulties of labor insertion, the experience of single parenthood, the relation with the assistance due to the vulnerability felt, the fragile support network, the personal resources, as well as life strategies designed to overcome difficult situations. It is evident the need to promote active social policies directed to families with only a parent since that the measures to support these families are scarce and assistencial. In order to overcome social vulnerability, these mothers adopt life strategies, which highlight the strong alliance between mother and children, the recognition of happiness in small daily events, the adoption of positive thoughts, the importance of inner strength and the tight management of the financial resources.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17478
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado em Serviço Social Ana Rita Malícia.pdf1,52 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.