Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17425
Título: Os cativos em Argel da Marinha Real Portuguesa : 1799-1812
Autor: Cabrita, Luís Filipe Xavier
Orientador: von Kemnitz, Eva-Maria
Data de Defesa: 30-Set-2013
Resumo: O tema central da dissertação consiste na investigação das vicissitudes do cativeiro dos mais de trezentos militares portugueses, que foram capturados por corsários argelinos. Estes militares, que sofreram um cativeiro de cerca de treze anos, integravam as guarnições de dois navios de guerra, o bergantim Lebre Pequeno e a fragata Cisne, vencidos e apresados, respectivamente, em 1799 e 1802 no Mediterrâneo ocidental. O insólito e a singularidade destas ocorrências, em particular a captura de uma fragata por corsários, levou a tentar esclarecer as circunstâncias que possibilitaram este fracasso, que atingiu duramente o prestígio de Portugal como potência marítima, e a honra da sua Marinha de Guerra. A fim de caracterizar a envolvente em que teve lugar o cativeiro dos portugueses, inclui-se uma descrição das características e organização da sociedade argelina da época. As difíceis condições enfrentadas pelos cativos, o modo como sobreviveram e interagiram com a sociedade local, o tratamento que lhes foi concedido pelas autoridades, são tratados com o detalhe permitido pela informação encontrada. A dissertação termina com um relato abreviado das acções diplomáticas desenvolvidas por Portugal, com vista ao resgate dos cativos e à conclusão da paz com a Regência de Argel.
Central subject of the dissertation is the investigation of the captivity experienced by more than three hundred Portuguese seamen captured by algerian corsairs. These men reduced to slavery for about thirteen years were crew members of two warships, the brigantine Lebre Pequeno and the frigate Cisne, defeated and captured, respectively in 1799 and 1802, in west Mediterranean waters. The unexpectedness and singularity of these incidents, mainly the capture of the frigate, induced the attempt to clarify the circumstances and limitations conducting to this failure, which severely affected the prestige of Portugal as a maritime power, and the honor of its Navy. In order to illustrate the environment in which the Portuguese captives found themselves, relevant information about the Algerian society of those times is included. The harsh conditions faced by them, how they managed to survive and interacted with the local society, the competition and conflicts among them, and the way the Portuguese authorities dealt with their situation, are here treated with the thoroughness allowed by the available information. The dissertation ends with an abridged report of the Portuguese diplomatic course of action to ransom its captives and to establish a Peace Treaty with Algiers.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17425
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
OS CATIVOS DA MARINHA REAL PORTUGUESA (1799-1812).pdf4,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.