Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17329
Título: O “arrastão” de Carcavelos como onda noticiosa
Autor: Pereira Rosa, Gonçalo
Palavras-chave: Ondas Noticiosas
Jornalismo
Distorção
Crime
Media
News Hypes
Journalism
Distortion
Data: 2011
Editora: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Citação: ROSA, Gonçalo Pereira – O “arrastão” de Carcavelos como onda noticiosa. Análise Social. Lisboa. ISSN: 0003-2573. 46:198 (2011) 115-135.
Resumo: O crime fornece aos meios de comunicação uma matriz de desvio comportamental e gera uma fonte inesgotável de notícias. Em contextos muito particulares, o grau de unanimidade entre meios de comunicação, o consenso entre definidores primários, o volume da cobertura jornalística e o exagero ou distorção inerentes à catalogação de várias ocorrências numa categoria ressonante geram ondas noticiosas num curto intervalo temporal, um fenómeno que carece ainda de enquadramento sociológico. O artigo descreve como o “arrastão” de Carcavelos de 2005 acompanhou o modelo descrito por Peter Vasterman para as ondas noticiosas, sugerindo um elemento adicional: quando a onda noticiosa se forma perante um consenso alargado, é escassa a disponibilidade para incorporar na cobertura jornalística elementos que contradigam o enquadramento predominante.
Crime provides the news media with headlines on a silver platter and is an inexhaustible source of reporting to serve up to the public. To a certain degree, the consistency across media, consensus among the reporters, the volume of news coverage, and the “massaging” of the events into a form that is palatable to the public quickly generates a series of “waves” or hypes of reporting. This is a phenomenon that has been neither placed into its sociological setting, nor studied with regard to its impact on that setting. This article examines the way in which the “Carcavelos mugging of 2005” conforms to the media hype model advanced by Peter Vasterman, and goes a step further by suggesting that when the tide of news enjoys widespread consensus, it is rare that the news coverage includes elements that go “against the tide”.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17329
ISSN: 0003-2573
Versão do Editor: http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/1309942728U4dNW7go5Dl63DV7.pdf
Aparece nas colecções:CECC - Artigos em revistas nacionais com Arbitragem / Papers in national journals with Peer-review

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Goncalo P Rosa Analise Social, 198, 2011.pdf563,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.