Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17285
Título: The risk reporting : evidence from Portuguese Companies
Autor: Galvão, Diogo Boto
Orientador: Carvalho, Cristina Neto de
Data de Defesa: 12-Fev-2015
Resumo: Financial Reporting and disclosure are potentially important measures for managers to disclose firm performance and governance to external investors. Nowadays, markets are globalized and that drives to an easier growth expansion by companies. However, this globalization meant an increase of competition and the creation of new laws by governments. On the other hand, external investors demand more information about firms. Due to the corporate failures that have occurred in the past, the confidence was broken between insiders and outsiders. Consequently, there is a need by companies to disclose more information in order to improve their image and to become more transparent. Moreover, the impacts may arise on the financial side by decreasing the cost of capital and monitoring costs. Therefore, the topic of Risk reporting and control has been receiving much attention and it is probably one of the main Risk topics that will be potentially discussed in the future. This study, examines the association between several independent variables and a single dependent variable. It was concluded that some of our independent variables namely the capital structure, the profitability and market capitalization are not associated with risks’ disclosure among the PSI-20 companies’ Index. Contrary to the previous results, we verified the Total Assets, Coverage ratio (measures the extension of risk communication), and a specific industry or event may have positive and significant relationship with the dependent variable of this study. On the second part of this study it was provided evidence about the managers’ perspectives regarding this Risk Reporting topic. Evidence is shown that managers want to allocate more resources in the future in the areas of Risk Reporting. However, it was concluded that the gap of information existent between external investors and managers will persist because those managers want to keep their level of voluntary risk disclosure. Although they have not attributed much importance to this important topic of information asymmetry (they could reduce the gap by sending information to markets), they want to help investors on their processes of investments’ decision making with the lowest possible information disclosed.
O Relato Financeiro e a sua divulgação são temas realmente importantes que os gestores devem ter em consideração na divulgação de informação para investidores externos. Hoje em dia, a globalização dos mercados levou a uma expansão mais acentuada do crescimento por parte das empresas. No entanto, esta globalização significou um aumento da competição nos mercados, a criação de novas leis por parte dos governos. Por outro lado, os investidores externos exigem mais informações sobre as empresas. Devido a falências de importantes empresas que ocorreu no passado, a confiança foi quebrada entre os investidores e gestores. Consequentemente, há uma necessidade por parte das empresas em divulgar mais informação a fim de melhorar a sua imagem e tornarem-se mais transparentes. Esses impactos podem verificar-se no lado financeiro da empresa pois com esse aumento de informação estas poderão reduzir os seus custo de capitais e custos de monitorização. Assim sendo, o tema da comunicação de riscos e seu controlo tem recebido muita atenção e será provavelmente, um dos principais temas de risco que serão potencialmente discutidos no futuro. Este estudo, que analisa a associação entre as diversas variáveis independentes e uma única variável dependente. Através deste estudo concluiu-se que a estrutura de capital, a rentabilidade e capitalização de mercado não estão associados à divulgação de riscos por parte das empresas do PSI-20. Contrariamente ao resultado anterior, verificou-se que o Total do Ativo, o Índice de cobertura (mede a extensão da comunicação do risco), e uma determinada indústria específica ou evento podem ter uma relação positiva e significativa com a variável dependente deste estudo. A segunda parte desta dissertação fornece evidências sobre as perspectivas dos gestores em relação ao tema da comunicação do risco. Foi possível verificar que os gestores querem alocar mais recursos no futuro nas áreas de Relato de risco. No entanto, conclui-se que a lacuna de informação existente entre estes e investidores irá manter-se dado que os gestores querem manter o seu nível de divulgação de risco voluntário no futuro. Embora os managers não terem atribuído grande importância ao tema da assimetria de informação (gestores poderiam reduzir esta lacuna enviando informação para os mercados), estes querem ajudar os investidores nos seus processos de tomada de decisão em relação aos seus investimentos divulgando o mínimo de informação possível.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17285
Aparece nas colecções:FCEE - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MSc Thesis_Diogo Boto Galvão_The Risk Reporting.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.