Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17244
Título: Ajuda alimentar comunitária, uma burocratização da fome?
Autor: Lourenço, Ema Carolina Simões
Orientador: Vieira, Isabel
Palavras-chave: PCAAC
Instituições Mediadoras
Pobreza e Exclusão Social
Mediação e Ação Local
MDP
Mediating Institutions
Poverty and Social Exclusion
Mediation and Local Action
Data de Defesa: 24-Mar-2015
Resumo: A carência alimentar, a consequência mais visível dos fenómenos de pobreza e de exclusão social, requer respostas imediatas, céleres e urgentes. Por sua vez, o apoio alimentar no âmbito do Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados revela-se burocraticamente exigente, pouco flexível e detentor de timings muito próprios. Cabe, por isso, às instituições do Terceiro Sector, enquanto instituições mediadoras, encontrarem estratégias que lhes permita ir ao encontro das reais necessidades de quem dele beneficia, ao mesmo tempo que, cumprem os requisitos normativos impostos à implementação do programa. É neste processo dialético que se encontra o âmago da presente investigação, que pretende explorar o que está subjacente à função de mediador, compreender como é que se operacionaliza o programa ao nível local face às diretrizes comunitárias e às necessidades dos beneficiários e perceber se existem diferentes lógicas de intervenção consoante o tipo de recursos humanos que a executam. A presente investigação é um estudo exploratório assente em metodologias maioritariamente qualitativas, mas também quantitativas, que tem como fim a produção de uma saber-fazer mais qualificado proporcionador de uma prática profissional inteiramente adequada à realidade na qual intervém.
The food shortage, the most visible consequence of the poverty and social exclusion phenomena, requires immediate, swift and urgent response. On the other hand, the food support under the Food Distribution Programme for the Most Deprived Persons of the Community reveals itself bureaucratically demanding, inflexible and with very specific timings. It is, therefore, the duty of the institutions of the Third Sector, as mediating institutions, to find strategies that allow them to meet the real needs of their beneficiaries and at the same time, meet the regulatory requirements for program implementation It’s in this dialectical process that is the core of this research, which aims to explore what underlies the role of a mediator, to understand how the program is operated at a local level in accordance with the community guidelines but also the needs of beneficiaries. We try to understand if there are different logics of intervention according the nature of mediators and the type of human resources that perform them. This is an exploratory research based mostly on qualitative methodologies, but also use quantitative data, which aims to produce a more qualified caracterization of needs, and understand the know-how provider of a professional practice, entirely adequate to the reality in which it intervenes.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17244
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Apoio Alimentar Comunitário - Uma Burocratização da Fome.doc.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.