Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17114
Título: Ser mãe de uma criança com perturbação de hiperatividade e défice de atenção : assumindo o diagnóstico e redefinindo estratégias de cuidado parental
Autor: Rodrigues, Vita Maria Basílio
Orientador: Vieira, Margarida Maria da Silva
Palavras-chave: parentalidade
estilos parentais
perturbação de hiperatividade e défice de atenção
enfermagem
Parentality
Parental styles
Attention Deficit
Hyperactivity Disorder
Nursing
Data de Defesa: 2014
Resumo: A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma das perturbações do comportamento/desenvolvimento mais frequente na infância, com grande impacto sobre o exercício da parentalidade. Caracteriza-se por um padrão persistente de falta de atenção e/ou impulsividade-hiperatividade com uma intensidade mais frequente e grave do que o observado em crianças com um nível semelhante de desenvolvimento (DSM IV-TR, 2006). A compreensão desta problemática trará contributos importantes para o exercício da Enfermagem, quer na deteção precoce de indicadores desta perturbação na criança, quer no apoio e informação aos pais, para que se sintam mais seguros e confiantes no exercício do seu papel parental. O estudo desenvolvido procurou responder à seguinte questão: Como se desenvolve o processo parental em mães de crianças com Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção? O objetivo foi compreender como se desenvolve o processo parental na perspetiva materna, quando a criança tem PHDA. A metodologia adotada foi de natureza qualitativa, e o método utilizado, a Grounded Theory. Participaram no estudo quinze mães, residentes na Região Autónoma da Madeira, sendo a entrevista intensiva o principal instrumento de colheita de dados. O sistema de codificação dos dados permitiu identificar dois temas, que surgiram a partir das categorias e subcategorias e das relações entre elas, que deram estrutura teórica ao tema central. São eles: experienciando perplexidade e discriminação, que corresponde ao estado psicoemocional vivido pelas mães, face ao comportamento da criança e ao contexto social consequente; e lutando pelo controlo da situação, que corresponde às estratégias utilizadas pelas mães para melhor exercer o seu papel. Estes temas representam os pilares do tema central. (Re) construindo uma nova forma de ser mãe: assumindo o diagnóstico e redefinindo estratégias de cuidado parental, foi o tema central que emergiu a partir da análise dos dados e corresponde ao processo parental em mães de crianças com PHDA. Neste processo foi possível identificar duas fases: a da desilusão e a da resolução, unidas pela esperança que coexiste ao longo de todo o processo. A desilusão está consubstanciada na perda de controlo sobre o comportamento da criança, em que a perplexidade e a discriminação predominam; e a resolução está alicerçada na luta pelo controlo da situação, no sentido de encontrar o significado e a direção de uma nova forma de agir. E é a esperança que alimenta e dá sustentabilidade ao processo.
Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) is one of the commonest behavioural/developmental childhood disorders with a major impact on parenthood. It is characterized by a persistent pattern of attention/impulsiveness deficit - hyperactivity with a more frequent and severe intensity than the perceived condition of children with a similar and normal rate of development according to the DSM IV-TR (2006). The full understanding of such a controversial issue will provide a serious contribution to nursing, either in terms of early detection of the indicators of such a disorder in children, or in parental support so that parents may feel more self-reliant and self-assured while playing their parental role. The present study has tried to answer the question put forth: How does the parental process evolve in mothers of children affected by Attention Deficit Hyperactivity Disorder? Fully understanding the way the parental process evolves and develops itself, according to the maternal point of view when the child suffers from ADHA, is the main purpose of this study. The methodology was of a qualitative nature and the selected method was a Grounded Theory. Fifteen mothers participated in the study, residents in Autonomous Region of Madeira (RAM) and the intensive interview was the main tool for data collection. The systematical analysis of the data allows to identify two main topics that emerged from the categories and sub categories and the intertwined relation between them which form the theoretical framework of the main theme. The aforementioned themes are: experimenting perplexity and discrimination, which corresponds to the experienced mothers’ psychosocial condition, and fighting to establish the control of the situation, the strategies used to play a better and more efficient parental role. These are the backbone topics of the aforementioned theme. Rebuilding a new way to being a mother: admitting the diagnosis and redefining parental care strategies, was the central theme and corresponds to the parental process in mother of children with ADHD that emerged from the interpretative analysis. In this process it was possible to identify two stages: Disappointment and Resolution joined by Hope coexisting throughout the process. The Disappointment is perceivable in the loss of control in terms of the child’s behaviour in which the perplexity and discrimination are overwhelming; the Resolution is supported by the fight for controlling the situation in such a way as to find a new meaning and direction to a new way of acting; the Hope nourishes and gives sustainability to the process.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17114
Aparece nas colecções:ICS(L) - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Vita Rodrigues.pdf2,92 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.