Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17064
Título: A marca Portugal : premissas para a construção da Marca-País Portugal
Autor: Teresa, Angélique Inês da
Orientador: Ilharco, Fernando
Palavras-chave: Marca
Marca-país
Portugal
Vantagem Competitiva
Comunicação
Brand
Country-brand
Competitive Advantage
Communication
Data de Defesa: 5-Mar-2015
Resumo: A globalização da economia mundial tem contribuído para uma maior dependência e interacção entre os países, que cada vez mais se esforçam por diferenciar e comunicar as suas vantagens competitivas. Neste contexto, o conceito de marca que funciona como um “selo de garantia” e paralelamente, favorece o conhecimento dos produtos que representa, tem evoluído e tem vindo a ser aplicado aos países: o conceito de marca-país. Alguns países definem estratégias para criar marcas que alavanquem a imagem nacional de modo a promover a economia através das exportações, do turismo e da captação de investimento estrangeiro. Em suma, a marca-país procura criar a percepção de um valor acrescentado alargado a vários sectores da economia, que acabam por estar directamente ou indirectamente interligados entre si. Neste trabalho, pretendo demonstrar a complexidade e a multidisciplinaridade existentes numa marca, nomeadamente numa marca-país, seja ela criada de forma intencional ou não. Procuro demonstrar vários casos concretos de países europeus e extra-europeus de várias dimensões, para além de me debruçar mais detalhadamente sobre o caso português. Pelas questões que esta análise levanta, desejo contribuir para a identificação das premissas que uma marca-país deve incorporar, nomeadamente a marca Portugal.
The globalised world economy has fuelled a higher level of dependency and interaction among countries in their ever increasing endeavours to achieve differentiation and communicate their competitive advantages. Pursuant to the above, the “brand” concept operates as a warranty seal while improving knowledge of the products it represents. The concept has evolved and has been applied to countries in the form of a country-brand concept. Several countries have defined brand definition strategies to leverage their national image and achieve economic growth through exports and tourism and attract foreign investment. In short, country-brands endeavour to create a perception of enhanced added value for several economic sectors, which are eventually directly or indirectly interconnected. My objective is to demonstrate the complexity and multidisciplinary nature of country-brands, whether or not they have been intentionally created. I shall provide examples of several specific cases of European and non EU countries of various sizes, in addition to providing greater detail on the case of Portugal. My aims, regarding the issues raised in this analysis are to help identify the premises that a country-brand, and, in this case the Portugal brand, should incorporate.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17064
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_MarcaPORTUGAL.pdf1,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.