Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17063
Título: Instrumentos musicais chineses na coleção do Museu do Centro Científico e Cultural de Macau (Lisboa)
Autor: Souza, Énio José de
Orientador: Carvalho, Jorge Vaz de
Nery, Rui Vieira
Palavras-chave: Civilização chinesa
Organologia
Música
Classificação organológica
Coleções portuguesas
Intercâmbio cultural
Portugal
China
Chinese civilization
Organology
Music
Organological classification
Portuguese collections
Cultural exchange
Data de Defesa: 2-Mar-2015
Resumo: No ano de 2013, completaram-se cinco séculos de relações políticas, comerciais e culturais entre Portugal e a China. Ao longo deste período, a par de outras mercadorias, um considerável número de instrumentos musicais chineses também vieram para Portugal. A presente dissertação tem como principal objetivo informar os especialistas, musicólogos, etnomusicólogos e investigadores da área que Portugal tem um considerável acervo de instrumentos musicais chineses, distribuídos por diversas coleções públicas e privadas. A organologia chinesa em Portugal é rica e consistente, mas lamentavelmente não há estudos sistematizados nesta matéria. Mesmo em universidades, que integram um departamento de música, verifica-se a inexistência de uma disciplina ou de um seminário relacionados com a música e organologia chinesas. Iniciámos, em novembro de 2011, o levantamento organológico chinês existente em Portugal e, até fevereiro de 2014, em seis coleções circunscritas a Lisboa, fora já possível localizar cerca de quatro centenas de instrumentos musicais chineses. Este considerável número de espécies levou a que o nosso estudo se centrasse na coleção do Museu do Centro Científico e Cultural de Macau, em Lisboa, que integra um dos mais significativos conjuntos organológicos chineses. Como metodologia classificativa, adotámos, para além da Hornbostel/Suchs, utilizada no Ocidente, algumas das principais formas classificativas da organologia chinesa, a fim de melhor compreendermos a complexidade da erudita música e respectivo instrumental da civilização chinesa que, há mais de cinco mil anos, é considerada como arte fundamental para o equilíbrio das coisas celestiais e terrenas. Atendendo à especificidade da matéria em estudo, foi imprescindível recorrermos ao trabalho de campo. Se pretendemos estar atualizados no domínio dos Estudos Asiáticos, com especial destaque para a China, a sua música e respetiva organologia, torna-se imprescindível a criação de redes científicas com países asiáticos e ocidentais que detêm, há muito, competências nesta matéria. O conteúdo deste enunciado deverá ser considerado como a principal problemática da presente dissertação.
In 2013 we have celebrated five centuries of political, trading and cultural relationship between Portugal and China. It's natural that a great number of Chinese musical instruments has been brought to Portugal throughout this period alongside with other goods. Thus our main intention is to inform experts, musicologists, ethnomusicologists and researches on this subject that Portugal has a substantial Chinese organology heritage in several public and private collections. Pitifully, there is no Portuguese experts in Chinese organology, even in universities that have a music department. Considering only six collections in Lisbon, we were able to find more than four hundred Chinese musical instruments, during our research between November 2011 and February 2014. This considerable number of species motivated us to focus our study on the Macau Scientific and Cultural Centre Museum’s collection, which houses one of the most significant sets of Chinese musical instruments. In this study, we have followed international organology standards, the Hornbostel/Suchs included, alongside some of the main organological Chinese classification systems which allowed us to characterize the instruments in detail. We lay hold of fieldwork as well trying to solve some questions as they arose. If we want to be update in Asian organology and in Asian studies, the framework should be creating very strong scientific and academic networks within its borders and, then, a very good bonding with Asian and West countries counterparts.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17063
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2014 - MEA - DISSERTAÇÃO - TEXTO GLOBAL - ENIOJOSÉ DE SOUZA.pdf6,52 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.