Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17058
Título: Os media sociais na promoção de comunidades de aprendizagem em física e química : o Facebook
Autor: Garrido, Ricardo Manuel Farias
Orientador: Andrade, António Manuel Valente de
Palavras-chave: Media sociais
Comunidades de aprendizagem
Cooperação
Interação
Autonomia
Social media
Learning communities
Cooperation
Interaction
Autonomy
Data de Defesa: 29-Jan-2015
Resumo: As competências digitais dos jovens aprendentes devem ser transformadas em forças de mudança dentro do sistema educativo. O acesso à informação e às fontes de conhecimento é literalmente permitido a qualquer hora e em qualquer lugar, suportado pela disponibilidade crescente de tecnologias móveis e maiores velocidades de acesso à Internet. A aprendizagem continua a evidenciar uma forte componente social, assente em múltiplas dimensões permitidas a comunidades que se implementam no espaço virtual onde se estimula a cooperação e fluxos de novos conhecimentos. As aplicações típicas da Web 2.0 devem ser experimentadas em processos educativos formais e informais, no sentido de estimular o espírito de autonomia e a motivação necessários para se promoverem melhores, mais amplas e mais profundas aprendizagens. A utilização do media social Facebook por uma larga maioria de jovens confere-lhe um potencial educativo inigualável; a simplicidade, a operacionalidade e o nível de interação permitido sugere que possa trazer benefícios para a aprendizagem. Experimentada a implementação de uma comunidade virtual de aprendizagem baseada no Facebook enquanto plataforma agregadora de múltiplas aplicações da Web 2.0, permitiu concluir que a interação entre os elementos da comunidade fortaleceu o espírito de pertença e de autonomia, traduzindo-se em aprendizagens mais ricas para os que se mostraram mais ativos.
The digital competences of young learners should be harnessed into forces of change inside the educational system. The access to information and to sources of knowledge is literally permitted anytime, anywhere, supported by the increasing availability of mobile technologies and higher speeds on Internet access. The learning process keeps on showing a strong social component, being set in several dimensions allowed to communities implemented on the virtual space, where cooperation is stimulated and a flux of new information ever present. The typical applications of the Web 2.0 must be tested in educational procedures, both formal and informal, increasing a necessary sense of autonomy and motivation to promote better and deeper learning. The use of Facebook social media by a large majority of young learners suggests a strong potential for educational purposes; the simplicity, operability and all kinds of interactions suggests that it might bring benefits for learning. Implementation of a virtual learning community based on Facebook as a spinning platform for several other applications of Web 2.0 has allowed to conclude that interaction between elements in the community has strengthened the spirit of belonging and the autonomy, and has translated itself in richer learning for those who showed more activity in it.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17058
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE Mestrado Ricardo Garrido UCP FCHumanas (1).pdf8,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.