Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16916
Título: A entrada das empresas portuguesas no mercado brasileiro e o seu IDE
Autor: Silva, António Manuel Santiago
Orientador: Alves, Paulo
Palavras-chave: Internacionalização
Estratégias
Diplomacia económica
Internationalization strategies
Economic diplomacy
Data de Defesa: 7-Ago-2014
Resumo: Os fluxos de investimento direto no estrangeiro (IDE) correspondem, nos dias de hoje, a grande parte do fluxo de capital entre países. Investimentos como este caracterizam-se por serem produtivos e não geradores de especulação, apresentando uma oportunidade para o país se tornar internacionalmente competitivo, enquanto para as empresas se apresenta como uma forma de internacionalização. Ao estudar o IDE tentamos compreender quais os fatores que diferenciam os países captadores desse mesmo investimento. No caso específico do Brasil, compreender o que leva as empresas portuguesas a investir nesse País. No momento da internacionalização, algumas empresas utilizam modelos para avaliarem e terem melhor poder de decisão quanto à forma de penetrar o mercado. Neste projeto não iremos apenas abordar alguns dos processos de internacionalização das empresas portuguesas no Brasil, tomando como base alguns modelos teóricos como o modelo de Uppsala, Paradigma Ecléctico, entre outros, como também analisaremos o Investimento Directo no Estrangeiro das empresas portuguesas no Brasil. Para além disso, iremos também analisar as motivações concretas, condicionadas pela distância psíquica entre os países (CAGE), e os seus modos de entrar no mercado. Através de pesquisas em bancos de dados e fontes bibliográficas, depois de uma análise das mesmas, tornou-se possível construir um panorama da entrada das empresas Portuguesas no Brasil e o seu IDE.
The flow of foreign direct investment (FDI) is nowadays a significant part of capital flows between countries. This kind of investment is characterized by being productivity increasing giving safeguard against speculation and therefore providing a competitive edge for the investing country and an internationalizing factor for the respective country’s Industries. By studying FDI we are able to understand the differentiation factors of the countries where the investment is directed. The main target of the analysis in this context is Brazil and its ability to capture Portuguese FDI. In the moment of their expansion abroad some Portuguese Based Industries make use of Models in order to better understand and make decisions regarding the best way to enter and operate in a new market. Our goal in this Endeavour is not only to provide analysis on the processes used by Portuguese corporations when expanding into the Brazilian market, making use of models such as The Uppsala internationalization process model and of the eclectic paradigm model amongst others, but also to provide an insight on the FDI made by the these corporations on Brazilian soil. We will also study their concrete motivations and the modus operandi when entering a new market taking into account the “psychic distance” (CAGE) between countries of origin. By researching and analyzing available databases and bibliographies we were able to complete a report on the Portuguese base Industries operating on Brazilian soil and their respective FDI.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16916
Aparece nas colecções:FEG - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TFM_Antón...pdf974,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.