Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16915
Título: O executivo como cultivador e transmissor de valores numa EdC : estudo de caso
Autor: Santos, Ana Maria Martins dos
Orientador: Mendes, Américo
Tavares, Marisa
Data de Defesa: 10-Nov-2014
Resumo: O processo de mudança organizacional é cada vez mais influenciado pelo líder, que exerce importante papel na construção de espaços nas organizações, na medida em que torna possível a facilitação das discussões e questionamento do grupo. O grande diferencial da Economia de Comunhão (EdC) é privilegiar a gestão de relacionamentos interpessoais e institucionais, em que, de acordo com as características do mercado, o papel exercido pelas suas lideranças tem fortes imbricações na cultura organizacional. Pelo que o presente Trabalho Final de Mestrado (TFM) pretende analisar o papel do executivo como cultivador e transmissor de valores numa organização de EdC. Mais precisamente, quais as características que deverão ser inerentes a um líder moderno e se estas estão evidenciados na dinâmica do líder. Nesse intuito abordou-se não só o enquadramento teórico actual do modelo EdC com particular incidência no caso português, assim como as características fundamentais inerentes ao líder destas organizações; mas optou-se também por efectuar uma pesquisa de terreno com o intuito de observar e validar os fundamentos teóricos apresentadas. Dessa forma procedeu-se ao estudo de caso da EdC - Faria & Irmão, Lda. recorrendo-se à entrevista estruturada, à observação e ao levantamento documental (relato de testemunhos), como técnicas de recolha dos dados. Pelo estudo de caso e baseados nas diversas evidências encontradas, tais como: relacionamento mais humanizado, formação, empoderamento pessoal, confiança, ambiente familiar inclusivo e participativo (características que fomentam a motivação e a criatividade, e pressupõem a consciência de um “homem novo”), parece-nos que as características teorizadas como implícitas aos líderes emocionalmente livres e em que Ser é tanto ou mais importante que Fazer, são integralmente reconhecidas nos líderes da Faria & Irmão suportando como tal os alicerces teóricos deste trabalho. Isto é, onde a EdC é vivenciada em todas as suas vertentes - fiéis ao princípio da centralidade do homem, como proposto por Chiara, é possível desenvolver uma Cultura do dar (Homem Novo. Dádiva. Reciprocidade. Solidariedade) e de Liderança (Consciência. Espiritualidade. Abundância).
The process of organizational change is increasingly influenced by the leader, who plays an important role in building spaces in the organization in order to facilitate discussions and group questioning. The great advantage of an Economy of Communion (EoC) is that it privileges the management of interpersonal and institutional relations, in which, and according to the specifics of each market, the role exerted by the leader has a deep impact in organizational culture. Therefore this disseration (TFM) intends to analyze the role of the executive as both a cultivator and a transmitter of values in an EoC. More precisely, we intend to identify which features should be inherent to a modern leader and whether these are highlighted and observable in the leader dynamics. With this in mind an approach was divised that addressed not only the current theoretical framework of the EoC model with particular focus on the portuguese reality, as well as the fundamental characteristics inherent to the leader of these organizations; but also field research was conducted with the intent to identify and validate the theoretical foundations presented. In that sense, the case study of the EoC - Faria & Irmão, Lda. is presented, with the help from several data collection techniques employed, such as, a structured interview, observation and a documentary survey (reporting testimony). Based on the case study analyzed and the various evidence found, such as: more humane relations, training, personal empowerment, trust, inclusive and participating family environment (characteristics that foster motivation and creativity, and presume a conscient awareness of a "new man"), it seems that the theorized characteristics that are implicit to emotionally free leaders where Being is as important, if not more, as Doing, are fully recognized in the leaders of Faria & Irmão, thus supporting the theoretical foundations of this work. That is, where the EoC is experienced in all its facets - under the principle of the centrality of man, as proposed by Chiara - it is possible to develop a Culture of giving (New man. Gift. Reciprocity. Solidarity) and Leadership (Consciousness. Spirituality. Abundance).
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16915
Aparece nas colecções:FEG - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TFM- Ana Santos_2014.pdf1,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.