Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16758
Título: Experiências de vitimação em trajetórias de vida de reclusas estrangeiras
Autor: Noverça, Mariana Sofia Jacob
Orientador: Matos, Raquel
Palavras-chave: Vitimação
Criminalidade feminina
Reclusão feminina
Victimization
Female criminal activity
Incarcerated female
Data de Defesa: 9-Jul-2012
Resumo: O presente estudo centra-se nas experiências de vitimação em trajetórias de reclusas de nacionalidade estrangeira, com o objetivo de analisar, compreender e identificar o fenómeno de vitimação presente ao longo da vida destas mulheres. Pretende-se também caracterizar essas experiências e analisar o modo como foram vividas pelas reclusas e compreender se existirá uma relação entre a vitimação sofrida e o crime pelo qual se encontram detidas. A pertinência de conhecer esta relação deve-se essencialmente aos poucos estudos realizados sobre esta temática. A amostra é constituída por 41 reclusas estrangeiras, detidas nos dois principais Estabelecimentos Prisionais em Portugal, onde foram recolhidos dados através de entrevistas realizadas a estas mulheres, com o auxílio de um guião adaptado – “Guião de Entrevista - Trajetórias de Vida de Reclusas Estrangeiras” (Matos, Machado, Barbosa & Salgueiro, 2010). Os dados obtidos após a transcrição das entrevistas foram sujeitos a procedimentos de tratamento e interpretação com recurso à análise qualitativa. Os resultados mostram que é comum a emergência de vitimação nas trajetórias de vida das reclusas, contudo, estas mulheres não parecem relacionar vitimação e crime diretamente.
This study is focused on foreign female inmates and their victimization experience, with the purpose to understand and identifying victimization across the life course of each women. Identifying the nature, the extent and the experience of the incarcerated women and the possible relation between victimization and criminal activity. This study attempts to fill the gap in the research about female victimization by interviewing female inmates from the main Portuguese prisons, where 41 foreign inmates where interviewed. The information gathered was analyzed according the manual – “Guião de Entrevista - Trajetórias de Vida de Reclusas Estrangeiras” (Matos, Machado, Barbosa & Salgueiro, 2010). This research adopted qualitative analysis in the treatment of the performed interviews instead of a quantitative study. This study found that is common a growing victimization along the lifetime of the foreign incarcerated women, however, it does not seems to be a correlation between victimization and the criminal activity.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16758
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
EXPERIÊNCIAS DE VITIMAÇÃO EM TRAJETÓRIAS DE VIDA DE RECLUSAS ESTRANGEIRAS.pdf865,9 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.