Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16674
Título: O empreendedorismo no Ensino Superior : o caso do Pólo de Viseu da Universidade Católica Portuguesa
Autor: Testas, Carla Patrícia Henriques
Orientador: Moreira, Ana Filipa Ramos
Palavras-chave: Empreendedorismo
Empreendedor
Inovação
Ensino Superior
Educação para o Empreendedorismo
Entrepreneurship
Entrepreneur
Innovation
Higher Education
Entrepreneurship Education
Data de Defesa: 6-Jan-2014
Resumo: O principal objetivo desta dissertação é o de realizar uma análise descritiva da propensão empreendedora dos alunos da Universidade Católica Portuguesa – Pólo de Viseu. Pretende-se traçar o perfil empreendedor dos alunos, conhecer o seu tipo de emprego preferido, perceber quais os receios e dificuldades que condicionam a criação de empresas e avaliar a importância das iniciativas do ensino superior na promoção de competências empreendedoras nos alunos. Neste contexto, este estudo combina alguns pressupostos e fundamentos teóricos acerca do empreendedorismo e do ensino superior com uma investigação empírica, onde através da aplicação de um questionário se espera conhecer o espírito empreendedor dos alunos. Trata-se de uma investigação de cariz quantitativo, na qual foi aplicado um questionário numa amostra constituída por 348 alunos da Universidade Católica Portuguesa – Pólo de Viseu. O modelo de investigação inclui os seguintes elementos: dados sociodemográficos, dados socioprofissionais, imagem do empreendedorismo e interesse na criação de uma nova empresa, sendo desenvolvidas hipóteses de investigação relacionadas com estes elementos. Os resultados da investigação empírica realizada no âmbito desta dissertação não corroboraram algumas das conclusões obtidas na parte teórica, uma vez que se verificou que os respondentes com familiares empresários e que frequentaram programas de mobilidade internacional de estudantes não demonstraram uma maior propensão empreendedora. Os resultados alcançados sugerem ainda que o sexo não influenciava a criação de empresas e a perceção do futuro profissional dos respondentes. Porém, o grau de ensino frequentado estava relacionado com o emprego preferido pelos respondentes. Com esta dissertação conclui-se que os receios e as dificuldades em criar/desenvolver um negócio, assim como alguns fatores que condicionam o sucesso de uma empresa condicionam a propensão empreendedora. Assim, é fundamental evidenciar a importância do empreendedorismo, quer para os indivíduos, quer para o desenvolvimento da sociedade e por isso, é indispensável fomentar a sua promoção sobretudo junto da comunidade escolar.
The main objective of this thesis is to conduct a descriptive analysis of the entrepreneurial propensity of students of the Catholic University - Campus de Viseu. I propose to trace the profile of entrepreneurial students, knowing the favorite type of employment, which realize the fears and difficulties that affect the creation of companies and assess the importance of the initiatives of higher education in promoting entrepreneurial skills in students. In this context, this study combines some assumptions and theoretical foundations about entrepreneurship and higher education with an empirical investigation, which through the application of a questionnaire is expected to know the students' entrepreneurial spirit. It is a quantitative research, in which a questionnaire was applied in a sample of 348 students of the Catholic University - Campus de Viseu. The research model includes the following elements: sociodemographic, socio-professional data, image of entrepreneurship and interest in creating a new company, being developed research hypotheses related to these elements. The results of the empirical research conducted within this dissertation did not corroborate some of the findings obtained in the theoretical part, since it was found that respondents with family and businessmen who attended programs of international mobility of students did not demonstrate a greater propensity entrepreneurial. The achieved results also suggest that sex did not influence the business creation and perception of the professional future of respondents. However, the level of education attended was related to employment preferred by respondents. With this thesis concludes that the fears and difficulties in creating/developing a business, as well as some factors that influence the success of a company influence the entrepreneurial propensity. Thus, it is essential to highlight the importance of entrepreneurship, both for individuals and for the development of society and so it is essential to enhance their promotion especially among the school community.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16674
Aparece nas colecções:DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Empreendedorismo - Carla Testas.pdf4,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.