Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16673
Título: Obesidade na infância e adolescência : o papel da condição crónica e da sintomatologia psicopatológica na qualidade de vida e rendimento escolar
Autor: Almeida, Vera Lúcia Domingues Gonçalves de
Orientador: Ribeiro, Célia
Palavras-chave: Obesidade
excesso de peso
QdV geral
sintomatologia psicopatológica
rendimento escolar
Obesity
overweight
overall QoL
psychopathological symptoms
school performance
Data de Defesa: 31-Out-2012
Resumo: Na atualidade, observam-se elevadas prevalências de excesso de peso e obesidade em crianças e adolescentes. Estudos demonstram que as crianças e adolescentes com essa condição podem apresentar sintomatologia psicopatológica, menor qualidade de vida (QdV) e menor rendimento escolar. O presente estudo pretendeu avaliar a sintomatologia psicopatológica, QdV geral e rendimento escolar de crianças e adolescentes com excesso de peso e obesidade, por comparação com crianças e adolescentes com peso normal. No estudo quantitativo, correlacional, transversal, com 229 crianças e adolescentes dos 10 aos 18 anos de idade de uma escola da região de Lafões, recolheram-se autorrelatos anónimos através dos questionários SDQ (versão portuguesa), KIDSCREEN-10© e fichas de dados sociodemográficos e clínicos. Os participantes conheceram os objetivos da investigação através de carta de consentimento informado. Os pais dos menores de idade autorizaram a sua participação. Ao rastreio do peso e altura, realizado pelos professores de Educação Física em outubro de 2011, seguiu-se a classificação do estado nutricional através do índice de massa corporal (IMC) percentilado. Foram formados três grupos, o primeiro com 122 crianças e adolescentes com peso normal (percentil de IMC>5 e ≤85), o segundo com 57 crianças e adolescentes com excesso de peso (percentil de IMC>85 e ≤95) e o terceiro com 50 crianças e adolescentes com obesidade (percentil de IMC>95). Concluiu-se que os participantes obesos e com excesso de peso apresentaram pontuações significativamente inferiores na QdV e superiores na sintomatologia psicopatológica, quando comparados com os normoponderais. O grupo de participantes obesos foi o que registou menor média no rendimento escolar. Recomenda-se mais investigação e novas estratégias de prevenção e combate à obesidade
Recently, there have been increased prevalences of overweight and obesity in children and adolescents. Studies show that children and adolescents with this condition may present with psychopathological symptoms, lower quality of life (QoL) and lower school performance. The present study sought to assess the psychopathological symptoms, general QoL and school performance of children and adolescents who are overweight or obese, by comparison with children and adolescents with normal weight. In a quantitative, correlational and cross study, with 229 children and adolescents from 10 to 18 years old, in a schoolin the area of Lafões, through SDQ (Portuguese Version) and KIDSCREEN-10© questionnaires and records of sociodemographic and clinical data, anonymous self-reports were collected. Participants were made aware of the objectives of the research through the informed consent letter. Parents of the minors authorized their participation. Following the tracking of the weight and height, by the physical education teachers in October 2011, it was performed the assortment of the nutritional status through the body mass index (BMI) percentile. The sample was divided into three groups: the first group was comprised of 122 children and adolescents with normal weight (BMI percentile>5 and ≤85), the second group contained 57 overweight children and adolescents (BMI percentile>85 and ≤95), and the third group included 50 obese children and adolescents (BMI percentile >95). It was concluded that the obese and overweight participants had significantly lower QoL scores and higher psychopathological symptoms, when compared to the normal weight group. The group of obese participants had the lowest school performance. More research and new strategies to prevent and fight obesity are recommended.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16673
Aparece nas colecções:ICS(V) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Vera Almeida.pdf2,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.