Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16323
Título: Prevalência de úlceras de pressão em centro de psicogeriatria na Bélgica
Autor: Pereira, Tiago Miguel Resende
Orientador: Araújo, Beatriz
Alves, Paulo
Data de Defesa: 14-Mai-2013
Resumo: Introdução: As Úlceras de Pressão (UP) estão inseridas no grupo das feridas crónicas, devido ao seu complexo processo e tempo de cicatrização. Maioritariamente são associadas a doentes idosos e acamados, que devido a diversos fatores internos e externos encontram-se em risco de as desenvolver. As lesões deste género tendem a surgir nas proeminências ósseas, nomeadamente na região sacrococcígea e nos calcâneos. A alteração da qualidade de vida, tendo em conta o isolamento social, as alterações da própria imagem, o desconforto que estas feridas acarretam e os elevados custos nos seus tratamentos, que aumentam exponencialmente quanto maior for a categoria da UP, têm sido considerados como aspetos relevantes associados a estas lesões. Objetivos: O presente estudo tem como objetivo central identificar a prevalência de úlceras de pressão num Centro de Psicogeriatria (PGC), localizado na Bélgica, constituído por 7 Sectores, 3 dos quais pertencem ao Lar de Idosos e os restantes 4 ao Hospital. Metodologia: Este estudo é de caráter descritivo e transversal com características quantitativas. A população compreende todos os pacientes admitidos no PGC entre os anos de 2007 a 2011. A colheita de dados foi feita recorrendo a uma plataforma informática, onde são introduzidas as informações pelos profissionais de saúde relativas às úlceras de pressão e posteriormente apresentadas num resumo dos resultados obtidos nos 4 trimestres, nos 7 Setores da instituição. Neste resumo mínimo de dados constam: o número de pacientes, as percentagens de indivíduos com UP, a percentagem de doentes com risco por Sector e percentagem de doentes com risco e que desenvolveram UP. Resultados: Com base nos dados obtidos foi possível determinar que o Lar de Idosos apresenta uma prevalência de úlceras de pressão superior ao Hospital com uma variação entre 8,8% e 13,3% no Lar e entre 3,1% e 10,7% no Hospital. Similarmente, foi possível verificar que, relativamente à percentagem de pacientes em risco de desenvolver úlceras de pressão, a variação no Lar oscilou entre 44,3% e 54,8%, enquanto no Hospital entre 30,6% e 38,7%. Quando analisada a percentagem de doentes em risco e que desenvolveram úlceras de pressão, o Hospital apresenta uma variação superior (13,8% e 28,4%) face ao Lar (9,2% e 20,8%). Da análise por Sectores, constata-se que os Sectores 2, 3 e 6, apresentam as maiores prevalências de utentes com úlceras de pressão, devendo-se isto ao facto de nestes Sectores estarem internados os utentes com maior grau de dependência e dum modo geral confinados ao leito ou à cadeira de rodas/cadeirão.
Introduction: Pressure ulcers (PU) are inserted in the group of chronic wounds due to its complicated process and healing time. Mostly associated with elderly patients and bedridden, that due to various internal and external factors are at risk of developing them. Injuries of this kind tend to arise in the bony prominences, particularly in the sacrococcygeal region and in heels. The change in quality of life, taking into account the social isolation, changes of self-image, the discomfort that this wounds cause and the high costs in their treatments that increase exponentially greater the category of PU, have been considered as aspects material associated with these injuries. Objectives: This study aims to identify the prevalence of pressure ulcers in Psychogeriatric Center (PGC), located in Belgium, comprising by 7 Sectors, three of which belong to the Nursing Home and the remaining for to the Hospital. Methodology: This study is a descriptive and cross-sectional quantitative traits. The population includes all patients admitted to the PGC between the years 2007 to 2011. Data collection was done using a computer platform, where the information is entered by health professionals regarding pressure ulcers and later presented a summary of results obtained in 4 quarters in the 7 Sectors of the institution. In this summary are set: number of patients, the percentages of subjects with UP, the percentage of patients at risk for Sector and percentage of patients at risk who developed UP. Results: Based on the data obtained it was possible to determine that the Nursing Home has a prevalence of pressure ulcers than the Hospital with a range between 8,8% and 13,3% in the Nursing Home and between 3,1% and 10,7 % Hospital. Similarly, it was possible to verify that, on the percentage of patients at risk of developing pressure ulcers, the variation in the Nursing Home fluctuated between 44,3% and 54,8%, while in the Hospital between 30,6% and 38,7%. When analyzing the percentage of patients at risk and who developed pressure ulcers, the Hospital has a higher variation (13,8% and 28,4%) compared to the Nursing Homer (9,2% and 20,8%). Analysis by Sector reveals that Sectors 2, 3 and 6 have the highest prevalence of clients with pressure ulcers, this being due to the fact that these Sectors are admitted users with a greater degree of dependence and more generally bedridden or wheelchair / armchair.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16323
Aparece nas colecções:ICS(P) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final Tiago Resende.pdf2,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.