Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16264
Título: Eficácia mastigatória em pacientes portadores de prótese parcial removível e prótese parcial fixa-antes e depois
Autor: Rodrigues, Ana Maria das Neves Ferreira
Orientador: Baptista, André
Mendes, Rui Amaral
Palavras-chave: eficiência mastigatória
reabilitação protética
prótese parcial removível
prótese parcial fixa
masticatory efficiency
prosthetic rehabilitation
partial dentures
fixed partial denture
Data de Defesa: 5-Set-2014
Resumo: Introdução: Hoje em dia há múltiplas funções de tratamento para a reabilitação da função mastigatória. Objetivos: O objetivo deste trabalho foi comparar a eficiência mastigatória de pacientes com diferentes caracterizações a nível de dentição: um grupo controlo, de pacientes com dentição natural completa, três grupos representativos de pacientes parcialmente desdentados, classe I, II e III de Kennedy, e um grupo de pacientes que tinha sido previamente sujeito a reabilitação oral por uso de prótese fixa. Métodos: Os pacientes foram sujeitos a um teste de mastigação usando uma goma natural para mastigação unilateral à direita, à esquerda e livre e a granulometria das partículas foi registada e usada para inferir a qualidade da função mastigatória do paciente. Tratamento estatístico: As comparações foram feitas usando apenas dois grupos de cada vez, com o teste t de student. Resultados: Os resultados mostram que para pacientes parcialmente desdentados de classe I de Kennedy há uma diferença significativa entre a granulometria obtida com e sem a prótese colocada. À exceção do caso da classe II de Kennedy, no teste unilateral à direita, nenhuma das outras comparações apresentou diferenças significativas. Além disso, a comparação de cada um dos grupos de pacientes parcialmente desdentados contra o controlo reporta diferenças significativas, de acordo com o esperado. Discussão: A comparação dos resultados dos diferentes grupos demonstra que o paciente reabilitado com prótese fixa tem uma melhor eficiência mastigatória do que os reabilitados com prótese parcial removível. Nos pacientes com prótese removível, quanto maior o grau de desdentação posterior, menor a eficiência mastigatória. Relevância clínica: este tipo de trabalhos encoraja à melhoria nos procedimentos de reabilitação oral protética.
Introduction: Nowadays there are multiple solutions to rehabilitate the masticatory function. Goals: The objective of this project was to compare the masticatory efficiency in patients with different dental characteristics: a control group, with natural complete dentition, three representative groups of partially edentulous patients, belonging to Kennedy’s I, II and III classes, and a group that had already been submitted to oral rehabilitation by fixed prosthesis. Methods: These were subjected to a masticatory test using a natural gum for unilateral mastication to the right, left, and free. The granulometry of the particles was registered and used to infer the quality of the masticatory function in each patient. The comparisons were made using only 2 groups at a time, with the students test. Results: Results show that for Kennedy’s class I partially edentulous patients there are a significant difference between the granulometry obtained with or without prosthesis. With the exception of Kennedy’s class II, in the unilateral test to the right, none of the other comparisons presented significant differences. Besides, the comparison between each of the edentulous patients groups against the control group reports significant differences. Discussion: The comparison between the control group and the fixed prothesis groups shows significant differences in the unilateral mastication test, but not in the free mastication one, which may be due to the fact that the patients tend to masticate in the most confortable way they can, making them resemble the patients with natural complete dentition. The rehabilitation with removable prosthesis will be less effective than with fixed prosthesis. Clinical relevance: This type of works encourages the improvement of the oral rehabilitation procedures. However, by its academic context, small sample size and low number of considered variables, it might lead to conclusions that do not entirely represent the reality
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16264
Aparece nas colecções:DCSV - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado Ana Rodrigues 05 Set 2014.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.