Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/16001
Título: “Consequências da dependência de substâncias”: um contributo para a validação do resultado NOC
Autor: Seabra, Paulo
Sá, Luís
Amendoeira, José
Data: 2012
Editora: Universidade de Miami
Citação: SEABRA, Paulo ; SÁ, Luis Octávio ; AMENDOEIRA, José - “Consequências da Dependência de Substâncias” : um contributo para a validação do resultado Noc. In PAN AMERICAN NURSING RESEARCH COLLOQUIUM “GLOBAL NURSING RESEARCH CHALLENGES FOR THE MILLENNIUM”, 13, Miami, 2012 - Presentation abstracts (Em linha). Miami : University of Miami School of Nursing and Health Studies, 2012. Disponível em WWW:<URL: http://www.umpanamconference2012.com/pdf/Ebook_Final.pdf>. ISBN 978-0-615-67489-6.
Resumo: Introdução: A avaliação dos resultados em saúde obtidos pelas pessoas quando cuidadas por enfermeiros, é determinante para evidenciar o contributo das nossas intervenções. Cada “resultado” é composto por determinados indicadores que podem ser mensurados ao longo do tempo, face à sensibilidade aos cuidados de enfermagem. O resultado da Nursing Outcome Classification (NOC) “Consequências da dependência de substâncias” poderá ajudar no processo de cuidar pessoas dependentes de drogas. Necessitamos de validar o seu conteúdo teórico, para depois validar na clínica. Não encontramos evidência desta validação na literatura, além do estudo original. Vai permitir melhorar a qualidade dos cuidados. Objetivos: Validar o conteúdo do resultado da NOC “consequências da dependência de substâncias”, com pessoas policonsumidoras em programa de manutenção opiácea com metadona. Específicos: Integrar novos indicadores de acordo com a literatura. Determinar quais os indicadores principais, secundários e os irrelevantes para o constructo deste resultado. Contribuir para um instrumento eficiente na avaliação da sensibilidade aos cuidados. Métodos: Estudo quantitativo, transversal, segundo o modelo de Fehring. Começamos com informantes iniciais e recorremos ao método de “bola de neve”. Enviamos pela web 17 questionários e recebemos 13. Os peritos eram incluídos se tivessem os critérios. Os peritos atribuíam importância aos indicadores e apurou-se a média ponderada. Resultados: O “resultado” tinha 16 indicadores, acrescentamos 12 com base na literatura. Foram eliminados 4, ficando o questionário final com 24 indicadores, 10 com valores> 0,80 (principais) e 14 com valores >0,50 e <0,80 (secundários). Conclusões/Implicações: Os indicadores acrescentados tiveram maior concordância dos peritos, 8 como principais e 4 como secundários. Evidenciaram que os consumos de drogas têm maiores consequências a nível psicossocial e que, os cuidados de enfermagem podem atender a múltiplas necessidades. Dos indicadores inicias da NOC, foram excluídos 4 (< 0,50) e apenas 2 classificados como principais. O estudo demostra a fragilidade do resultado NOC e estimula a necessidade da sua validação clínica. Recomenda-se a aplicação numa amostra alargada de policonsumidores. Consideramos que permitirá uma prática de cuidados mais sistematizados e mais atentos às necessidades em saúde desta população. Salientamos os indicadores de saúde mental e de qualidade de vida
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/16001
ISBN: 978-0-615-67489-6
Versão do Editor: http://www.umpanamconference2012.com/pdf/ColloquiumProgram_Final.pdf
Aparece nas colecções:ICS(L) - Resumos em actas / Abstracts in proceedings

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Consequências da Dependência de Substâncias” um Contributo para a Validação do resultado NOC.pdf2,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.