Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15748
Título: Afasia primária progressiva, afasia de Wernicke, defeito cognitivo ligeiro : análise das competências semânticas
Autor: Graça, Madalena Correia da
Orientador: Abrantes, Ana Margarida
Leal, Maria Gabriela
Data de Defesa: 7-Abr-2014
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar e comparar alterações ao nível da compreensão semântica na Afasia Primária Progressiva da variante semântica (APPS), na Afasia de Wernicke (AW) e no Défice Cognitivo Ligeiro (DCL) e responder à questão orientadora se as alterações semânticas nos sujeitos com APP-S apontam para um acesso ao conhecimento semântico diferente do dos sujeitos com AW e do dos sujeitos com DCL. Através de um estudo descritivo-comparativo, analisaram-se 6 doentes com idades compreendidas entre 51 e 86 anos de idade, letrados e sem défices visuais e auditivos graves, divididos em três grupos de dois doentes em cada patologia. Foram administradas seis provas de compreensão semântica com tarefas de decisão semântica de frases, de semelhanças, associação e decisão lexical, categorização e compreensão de frases idiomáticas e provérbios. Os resultados revelaram que os doentes com APP apresentam mais défices semânticos do que os doentes com AW e DCL, evidenciando um acesso ao processamento semântico diferente com a degradação parcial do conhecimento conceptual. Nos doentes com AW os défices semânticos resultaram de alterações ao nível do acesso a esse conhecimento, enquanto que o defeito de memória nos doentes com DCL não teve nenhum impacto ao nível da linguagem e, por sua vez, no conhecimento semântico. Palavras-chave: Processamento semântico, Memória semântica, Afasia Primária Progressiva, Afasia de Wernicke e Défice Cognitivo Ligeiro.
study aims at analyzing and comparing the changes in Primary Progressive Aphasia in its Semantic memory variant (PPA-S), in Wernicke's Aphasia (WA) and in Mild Cognitive Impairment (MCI) all at the level of semantic understanding. It also aims at answering the guiding question of whether semantic changes in PPA - S patients points out to a different access path to semantic knowledge when compared with WA patients and MCI patients. This comparative-descriptive study has analyzed six patients aged between 51 and 86 years, literate and with no severe visual or hearing deficits, divided into three groups of two patients for each pathology. Six tests of semantic understanding were administrated with semantic decision tasks in sentences, tests of similarities, of association and lexical decision, of categorization and of understanding of idioms and proverbs. The results suggest that patients with PPA deficits showed more semantic deficits than WA patients or MCI patients, and they seem to have a different access to the semantic processing with partial degradation of conceptual knowledge. By WA patients the semantic deficits are a consequence of changes occurring in the access to that knowledge while the memory defects in MCI patients showed no impact, neither at the language level nor in semantic knowledge.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15748
Aparece nas colecções:ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado UCP - Madalena Graça.pdf617,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.