Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15714
Título: As perturbações do espectro do autismo e os problemas de comportamento : como intervir ?
Autor: Costa, Sílvia Maria Gomes Alves
Orientador: Pereira, Paulo
Campos, Sofia
Palavras-chave: Perturbações do Espectro do Autismo
Problemas de Comportamento
Intervenção
Autism Spectrum Disorders
Behavior Problems
Intervention
Data de Defesa: 31-Out-2011
Resumo: As crianças com PEA têm geralmente um défice nas capacidades de comunicação, o que faz com que as leve muitas vezes a exprimir as suas necessidades através de actos negativos, de agressões, automutilações, etc. Apresentam também dificuldades específicas nas relações sociais, pois muitas vezes não compreendem as mímicas, as intenções, os sinais paraverbais (tom de voz, atitude, gestos, etc.) do outro. “Com efeito, elas têm muitas dificuldades em compreender o nosso mundo, e os nossos códigos sociais parecem-lhes muitas vezes estranhos e incompreensíveis. Os problemas de comportamento das pessoas autistas são a expressão das suas dificuldades, dos seus medos, das suas necessidades, dos seus desejos.” (Magerrote, et al., 2005, p.9) Preocupados com o bem-estar emocional e comportamental das crianças/alunos com PEA levámos a efeito um estudo com o objectivo de investigar os problemas de comportamento mais frequentes nas crianças do Pré- Escolar e alunos do 1º Ciclo que frequentam as Unidades de Ensino Estruturado para Alunos com Perturbações do Espectro do Autismo (UEEA) do Distrito de Viseu. A recolha de dados foi efectuada através da ECIP-2, Escala de Comportamento para a Educação Pré-escolar- 2ª edição, que é uma tradução da versão original das PKBS-2, cujo processo de adaptação e validação para a população portuguesa, nível pré-escolar, foi realizado por Sofia Oliveira Major (Major, 2007) na sua dissertação de mestrado, sob orientação científica da Professora Doutora Maria João Seabra-Santos (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – Universidade de Coimbra). Conclui-se que ao nível dos problemas de comportamento externalizantes (EPC-E), as raparigas obtêm pontuações médias mais elevadas em todos os indicadores e que há um aumento gradual das pontuações com a idade. Na escala de problemas de comportamento internalizantes (EPC-I), verificamos que são também as raparigas que obtêm pontuações médias mais elevadas em todos os indicadores.
Children with ASD often have a deficit in communication skills, which means that often leads to voice their needs trough negative acts of aggression, self mutilation, etc… They also have specific difficulties in social relations; they often do not understand the mime, the intentions, paraverbais signals (voice, attitude, gestures, etc.) the other. “Indeed, they have many difficulties in understanding our world and our social codes to them often seem strange and incomprehensible. Behavior problems of autistic people are the expression of their difficulties, their fears, their needs, their desires.” (Magerrote, et al., 2005, p.9) Concerned with the well-being and behavior of children/students with ASD we carried out a study aimed at investigating the behavior problems more common in children of Preschool and students of the 1st Cycle attending the Teaching Units Organized for Students with Autism Spectrum Disorders (UEEA) of the District of Viseu. Data collection was done through the ECIP-2, Behavior Scale for Pre- School Education- 2nd Edition, which is a translation of the original version of PKBS-2, a process of adaptation and validation into the Portuguese population, the preschool, was made by Sofia Oliveira Major (Major, 2007) in his dissertation, under the scientific guidance of Professor Maria João Seabra – Santos (Faculty of Psychology and Educational Sciences- University of Coimbra). We conclude that the level of externalizing behavior problems (EPC-E), girls get higher average scores in all indicators and there is a gradual increase in scores with age. On a scale of internalizing behavior problems (EPC-I) are also found that girls who get the highest average scores in all indicators.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15714
Aparece nas colecções:DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE- VSFINAL-27-10-2011.pdf810,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.