Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15687
Título: Mental state exam checklist : contribuição para a validação de um instrumento de avaliação do estado mental
Autor: Fugas, João Nuno Santos da Cunha Fernandes
Orientador: Dias, Pedro
Carvalho, Maria Carmo
Data de Defesa: 9-Jul-2012
Resumo: Apesar de existirem instrumentos de avaliação do estado mental que avaliem estados alterados de consciência, derivados da utilização de substâncias psicoativas, este são escassos, principalmente se considerarmos a sua aplicação num contexto naturalista. O presente estudo tem como objetivo geral, o contributo para a validação de um instrumento de avaliação do estado mental (Mental State Exam Checklist), concebido para avaliar alterações do estado mental devido a uma experiência de crise, relacionada com o uso de substâncias psicoativas. Para avaliar a consistência interna deste instrumento fizeram-se análises psicométricas, utilizando os valores de Alpha de Cronbach, obtidos em cada uma das dimensões que compõem este instrumento. A validade de constructo foi analisada através dos valores de validade discriminante. Para tal, compararam-se as avaliações do estado mental de um grupo de indivíduos que estava sobre o efeito de substâncias psicoativas, com um grupo de indivíduos que se encontrava num estado normativo. Recorreu-se também a um acordo inter-observadores, no sentido de contribuir para a validade de constructo. Os valores de Alpha de Cronbach, indicaram níveis muito bons de consistência interna, na totalidade das dimensões que constituem o instrumento, sugerindo um elevado grau de fiabilidade. Este Insrumento revelou também a sua capacidade de avaliar aquilo a que se propõe avaliar. De uma forma geral, o MSEC demonstrou ser um instrumento capaz de avaliar alterações do estado mental, induzidos por substâncias psicoativas. No entanto, é necessário um aumento da amostra e o recurso a métodos psicométricos mais precisos, para que se possa obter níveis mais elevados de validade.
Although there are mental states assessment tools that evaluate altered states of consciousness, arising out of the use of psychoactive substances, these are scarce, especially if we consider their application in a naturalistic context. This study aims at General, the contribution to the validation of an instrument for assessing the mental state (Mental State Exam Checklist), designed to assess changes in mental states due to a crisis experience, related to the use of psychoactive substances. To evaluate the internal consistency of this instrument we did psychometric analyses, using the values of Cronbach's Alpha, obtained in each of the dimensions that make up this instrument. Construct validity was analysed using the discriminant validity values. To do this, we compared the evaluations of the mental state of a group of individuals that were under the effect of psychoactive substances, with a group of individuals who were in a normal state. We appealed also to an inter-observers agreement, in order to contribute to the validity of the construct. Cronbach's Alpha values indicated very good levels of internal consistency, in all the dimensions that constitute the instrument, suggesting a high degree of reliability. This instrument also revealed their ability to assess what proposes to evaluate. In General, the Mental State Exam Checklist has proved to be an instrument to assess changes in mental status, induced by psychoactive substances However, there is a need for an increase in the sample and the use of psychometric methods more precise, in order to obtain higher levels of validity.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15687
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado João Fugas.pdf992 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.