Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15594
Título: Conciliação trabalho-família : um estudo qualitativo com trabalhadores especializados na área da Consultoria Fiscal
Autor: Martins, Filipa Fortuna Zenha
Orientador: Fernandes, Joana
Palavras-chave: Conciliação trabalho-família
Género
Parentalidade
Consultoria
Work-life balance
Gender
Parenting
Consulting
Data de Defesa: 13-Jun-2013
Resumo: Inserido na linha de investigação sobre a organização e gestão do tempo, na conciliação entre a vida de trabalho e a vida pessoal, este estudo analisou a influência do trabalho na esfera familiar de indivíduos com uma profissão particularmente exigente. Procurou-se descobrir a influência do género e da cultura organizacional na relação trabalho-família, assim como o fator da parentalidade. A investigação, de cariz qualitativo, foi desenvolvida com trabalhadores especializados na área da consultoria fiscal, duma empresa de consultoria/auditoria, pertencente ao grupo das Big Four. Para o alcance do objetivo desta investigação, foram desenvolvidas oito entrevistas em contexto real, tendo igual número de participantes do sexo masculino e do sexo feminino. A análise de conteúdo foi a técnica de tratamento dos dados escolhida para retratar o equilíbrio entre a realidade profissional e pessoal dos participantes com base nas suas perspetivas, vivências e significados. Constatou-se que a flexibilidade e autonomia no trabalho são fatores facilitadores da conciliação trabalho-família e a disponibilidade e a responsabilidade inerentes ao cariz da natureza do trabalho são elementos que dificultam esta conciliação. Salienta-se a influência positiva da cultura organizacional na forma como é gerida a relação trabalho-família. Verificou-se uma perceção de bem-estar mais negativa por parte dos homens na conciliação trabalho-família. Os indivíduos com filhos tendem a sentir mais dificuldades do que os sem filhos. Referente ao nível hierárquico, tendem a uma maior autonomia e consequentemente a uma maior facilitação entre as duas esferas, à medida que progridem na carreira. Esta investigação procura ser um contributo para a área em estudo por dar a conhecer a realidade de um grupo de profissional específico, em que as oportunidades de uma carreira de sucesso coexistem com a tarefa complicada de encontrar um balanço mais ou menos satisfatório entre o trabalho e a vida familiar.
Inserted in a line of investigation concerning time organization and management and the conciliation between life and work, this study analyzed the impact of work in the familiar circle of individuals with a particularly demanding job. The aim was to discover the role that gender and organizational culture played in the work-family balance, as well as the effect of the parental agent. The investigation was developed with specialized workers in the field of tax consulting, from an audit firm which belongs to the Big Four group. The methodology used was of a qualitative nature and the data collection was based on eight interviews conducted to both women and men (4 each). It was possible to understand the professional and personal reality of the participants, based on their perspectives, experiences and significances, through the data analysis. It was concluded that the flexibility and autonomy in work are enabling elements of the work-family balance. However, the availability and the responsibility inherent to this sort of job are elements which interfere with this relation. It is important to stress out the positive influence of the organizational culture in the way the work-family relation is managed. Unlike women, who faced the work-family conciliation in a lighter way, men showed a more negative perception of well-being. The individuals with children tend to experience more difficulties than those who don’t have children. With the progression in the hierarchical structure, the autonomy that is gained may promote a more favorable work-family balance. This investigation tends to be a contribute to the study area because it raises awareness to the reality of the workers of a particularly interesting area, in which the opportunities of a successful career coexist with the complicated task of finding a more or less satisfactory balance between work and family life.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15594
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Filipa Zenha_VERSAOFINAL_PDF.pdf919,05 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.