Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15537
Título: O conforto da familia em cuidados paliativos : tradução e validação para a população portuguesa do holistic comfort questionnaire (family)
Autor: Matos, Maria João Ferreira de
Orientador: Dixe, Maria dos Anjos
Querido, Ana
Data de Defesa: Out-2012
Resumo: Palavras-chave: Cuidados Paliativos, Enfermagem, Conforto, Família, Escala, Validação A satisfação das necessidades de conforto são uma medida de qualidade assistencial em Cuidados Paliativos e Enfermagem sendo, por isso, importante disponibilizar um instrumento de avaliação do conforto da família dos doentes em fim de vida, traduzido e validado para a língua e cultura portuguesas. O Holistic Comfort Questionnaire (HCQ) – Family foi o instrumento escolhido, construído com base na Teoria de Conforto Holístico de Kolcaba. Este estudo teve como objectivos identificar as características sóciodemográficas, de prestação de cuidados ao doente, de saúde e de qualidade de vida dos familiares dos doentes em fim de vida internados ou em seguimento numa instituição hospitalar; identificar as características de saúde/clínicas dos doentes em fim de vida internados ou em seguimento numa instituição hospitalar; traduzir e validar para a população portuguesa o instrumento HCQ (Family); e identificar o nível de conforto da família dos doentes em fim de vida internados ou em seguimento numa instituição hospitalar. Partindo do HCQ (Family) procedeu-se a um estudo de investigação metodológico, seguindo-se a mesma metodologia dos autores originais. O instrumento foi validado com uma amostra de 271 familiares de doentes em fim de vida internados ou em seguimento numa instituição hospitalar, maioritariamente do sexo feminino (66,8%) com uma média de idades de 47,6 anos (σ=14,6). Após a análise da fidelidade dos itens, o HCQ (Family) - Portugal ficou constituído por 19 itens, diferindo da escala original. Estes itens ficaram organizados em três factores (alívio, tranquilidade e transcendência), que explicam 44,55% de variância explicada. O coeficiente de α de Cronbach calculado (0,83) permitiu afirmar que o instrumento apresenta uma boa consistência interna. Tendo presente que os valores poderão oscilar entre 1 e 6, pode referir-se que os familiares dos doentes apresentam uma boa média de conforto (3,8 com um σ=0,8). A validação para a língua portuguesa do HCQ (Family) revelou que este instrumento é apropriado e psicometricamente válido para avaliar o conforto dos familiares dos doentes em fim de vida internados ou em seguimento numa instituição hospitalar, sugerindo-se a necessidade de outros estudos nesta área, aplicando este instrumento noutras populações, inseridas noutros contextos.
Keywords: Palliative Care, Nursing, Comfort, Family, Scale, Validation Meeting the needs of comfort are a measure of quality of care in nursing and Palliative Care and therefore is important to provide a tool for assessing the comfort of the family of patients in end of life, translated and validated for the Portuguese language and culture. The Holistic Comfort Questionnaire (HCQ) - Family was the selected instrument, built on Kolcaba’s Theory of Holistic Comfort. This study aims to identify the socio-demographic characteristics, of care of the patient, health and quality of life of family members of patients in end of life, hospitalized or followed-up in a hospital; to identify the health/clinical characteristics of patients in end of life, hospitalized or followed-up in a hospital; to translate and validate to the Portuguese population the instrument HCQ (Family); to identify the level of comfort of the family of patients in end of life, hospitalized or followed-up in a hospital. Based on the HCQ (Family) a study of methodological research was conducted, following the same methodology of the original authors. The instrument was validated with a sample of 271 family members of patients in end of life, hospitalized or followed-up in a hospital, mostly female (66.8%) with an average age of 47,6 years (σ=14,6). After analyzing the reliability of the items, the HCQ (Family) - Portugal was constituted of 19 items, differing from the original scale. These items were organized in three factors (relief, tranquility and transcendence), which explains 44,55% of variance explained. The coefficient α of Cronbach (0,83) suggests that the instrument has good internal consistency. Bearing in mind that the values may vary between 1 and 6 can also be noted that the family members of patients have an average of good comfort (3,8 with a σ=0,8). The validation of the Portuguese HCQ (Family) has revealed that this instrument is appropriate and psychometrically valid to assess the comfort of family members of patients in end of life, hospitalized or followed-up in a hospital, although it suggests the need for further studies of in this area, applying this instrument in other populations and contexts
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15537
Aparece nas colecções:ICS(P) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Final - Mª João.pdf3,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.