Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15458
Título: As Artes Visuais como fator de motivação e autonomia
Autor: Ferreira, Filipe da Costa Martins
Orientador: Major, João Carlos
Palavras-chave: Arte
Educação
Motivação
Autonomia
Criatividade
Art
Education
Motivation
Autonomy
Creativity
Data de Defesa: 5-Dez-2013
Resumo: sentam no ensino, particularmente no âmbito da motivação e autonomia do aluno. Este tema surge do diagnóstico de uma turma, na qual foram detetados alunos que demonstravam apatia relativamente à disciplina de educação visual, o que sugere um possível défice de motivação e autonomia. Foram, assim, implementadas práticas educativas, tal como indicadas em estudos científicos, que se julgam potenciar a autoestima, o autoconceito e a autonomia do aluno. No início e no final da intervenção foram aplicados dois questionários para avaliar da eficácia da ação, a um grupo de intervenção (turma 8.4) e um grupo de controlo (turma 8.8.) O espaço de tempo entre os dois questionários foi de noventa dias com treze dias de pausa letiva. A carga horária da disciplina consistiu em cem minutos de aula, concentrados uma vez por semana. Contudo o curto período de tempo da intervenção bem como o grande distanciamento entre aulas talvez tenha contribuído para que não se tenham registado alterações significativas nos índices de autoestima e autoconceito. Fica aberto o caminho para uma ação mais alargada no tempo e, porventura, a inclusão de mais disciplinas, para podermos aferir da validade destas práticas pedagógicas.
This study refers to the importance of arts at school, particularly in the field of motivation and learner autonomy. This issue arises from the diagnosis of a class in which students are that showed apathy regarding the discipline of visual education, which suggests a possible deficit of motivation and autonomy. As shown in scientific studies, educational practices which are associated with increased selfesteem, self-concept and student autonomy, were implemented. At the beginning and end of the intervention were applied two questionnaires to assess the effectiveness of the intervention. The time between the two questionnaires was ninety days with a break of thirteen days. This course consisted of one hundred minutes of class, once a week. The short time of the intervention and the large gap between classes may have contributed to no positive results have emerged in the self-esteem and selfconcept scores. The way is open for wider actions in time and perhaps to the inclusion of more subjects in order to verify the validity of such pedagogical practices.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15458
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de estágio_Filipe da Costa Martins Ferreira.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.