Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15344
Título: Papel do prestador de cuidados : contributo para promover competências na assistência do cliente idoso com compromisso do autocuidado
Autor: Machado, Paulo Alexandre Puga
Orientador: Martins, Teresa
Palavras-chave: método misto
estudo múltiplo
Grupos Focais
cuidador informal
prestador de cuidados
mixed method
multiple study
focus groups
informal caregiver
caregiver
Data de Defesa: 2014
Resumo: envelhecimento demográfico constitui, hoje, um fenómeno com elevada expressão e que tendencialmente está a agravar-se. Não obstante envelhecer, não seja sinónimo de dependência, sabemos que este processo de vida acompanha-se de perdas, as quais podem ainda ser mais ampliadas pela presença de comorbilidades. Face às necessidades de cuidados desta população, é a família que responde na sua grande maioria. Desta problemática emerge a necessidade de preparar esses prestadores de cuidados, que integram diferentes realidades e que até a um dado momento de suas vidas não apresentavam qualquer afinidade com áreas do cuidado e hoje constituem a resposta pronta face às necessidades de um dado familiar. A sua preparação contempla necessidades que advém da condição de saúde da pessoa com dependência, mas também das dificuldades inerentes ao processo de transição situacional que os prestadores de cuidados vivenciam, bem como do resultante do impacte face ao exercício do papel de prestador de cuidados na vida e pessoa destes. Face a tal complexidade é finalidade deste estudo contribuir para o desenvolvimento de uma teoria explicativa da intervenção de enfermagem face ao papel do prestador de cuidados, num contexto estratégico que permita ter em consideração a preparação para o regresso a casa de idosos com compromisso do autocuidado; e o potencial para desenvolvimento da capacidade de desempenho do prestador de cuidados. De modo a darmos cumprimento à finalidade a que nos propusemos formulamos os seguintes objectivos: identificar quais as necessidades expressas dos prestadores de cuidados; identificar quais os diagnósticos de enfermagem mais frequentes que emergem dessas necessidades; analisar os diagnósticos de enfermagem mais frequentes que emergem dessas necessidades; identificar as intervenções de enfermagem implementadas, que tomam por beneficiário o prestador de cuidados; caracterizar as intervenções de enfermagem implementadas, que tomam por beneficiário o prestador de cuidados; perceber a concepção de cuidados subjacente ao modelo de atendimento vigente, a esta população alvo e explicitar o modelo de acompanhamento do prestador de cuidados de idosos com compromisso do autocuidado. Na consecução da finalidade e dos objectivos delineados optamos por realizar um estudo múltiplo, sequencial, com uma vertente exploratória. Este integra quatro estudos. O primeiro, “caracterização de prestadores de cuidados de idosos com compromisso do autocuidado”, é um estudo descritivo de natureza exploratória. Recorremos a uma amostra de conveniência. A colheita de dados decorreu entre 01 de Setembro de 2007 e 29 de Fevereiro de 2008, tendo sido caracterizados, 115 prestadores de cuidados e respetivos idosos (115) com compromisso do autocuidado (total de prestadores de cuidados contactáveis e localizáveis) inscritos no Centro de Saúde de Leça da Palmeira e respetivas extensões de saúde: Lavra, Perafita e Santa Cruz do Bispo. O segundo estudo, “caracterização dos diagnósticos de enfermagem e respetivas intervenções, documentados no sistema de informação de enfermagem”, é também de carater exploratório e recorreu ao método misto. Incorporou uma amostra intencional, a qual integrou os registos de enfermagem documentados no Sistema de Apoio à Prática de Enfermagem (SAPE), de 1 de Setembro de 2007 e 29 de Fevereiro de 2008, dos 115 participantes que integram o estudo I. O terceiro estudo, “Perceção dos enfermeiros quanto à estruturação do processo de cuidados, considerando as necessidades de cuidados do prestador de cuidados”, é exploratório de natureza qualitativa e recorremos a uma amostra de conveniência, a qual integrou o total de enfermeiros (33) que trabalhavam no Centro de Saúde de Leça da Palmeira e respetivas extensões de saúde: Lavra, Perafita e Santa Cruz do Bispo. Para tal recorremos à entrevista semiestruturada. A colheita de dados decorreu entre, 1 de Junho e 30 de Julho de 2010. Este terceiro estudo adveio da necessidade, face ao constatado entre as necessidades de cuidados (estudo I) dos prestadores de cuidados e o que é registado pelos enfermeiros (estudo II), no sistema de informação de enfermagem, de aclarar qual a conceção de cuidados subjacente, de modo a: conhecermos quais as necessidades que identificam nos prestadores de cuidados; percebermos quais as estratégias e os meios que utilizam para responder a estas necessidades; conhecermos qual o local e motivações que os enfermeiros privilegiam para prestar assistência a estes prestadores de cuidados e percebermos as limitações com que se deparam e as razões subjacentes que condicionam as suas respostas às necessidades de cuidados dos prestadores de cuidados. O quarto estudo, “Preparação do regresso a casa do prestador de cuidados do idoso com compromisso do autocuidado - estruturação de um modelo de acompanhamento”, assume-se enquanto corolário do apurado nos três estudos, citados anteriormente. Para tal recorremos a grupos focais, cujas entrevistas se realizaram entre Junho e Outubro de 2011. Para o tratamento da informação, procedemos à análise de conteúdo segundo Strauss e Corbin. Do apurado induzimos um modelo de acompanhamento dos prestadores de cuidados de idosos com compromisso do autocuidado, no decurso do processo de regresso a casa. Conforme o salientado anteriormente é nosso intento testar o referido modelo, sob a forma de um estudo quase-experimental, após a conclusão do nosso doutoramento. Este modelo integra três âmbitos: • As competências do prestador de cuidados, procurando perceber como podemos avaliar inicialmente e no decurso do desempenho das suas funções o conhecimento e as habilidades, do prestador de cuidados, face às necessidades do idoso de quem cuida. • A intensidade, situando-nos na frequência e tipo de contactos entre a enfermeira de família e o prestador de cuidados. Considerando ainda na fase inicial uma frequência mais estreita, podendo ser mais espaçada numa fase posterior. Os contactos poderão ser de natureza presencial ou via telefone, conciliando-os numa conjugação ajustada à realidade de cuidados. • A didática, na qual descreveremos os métodos de ensino, as estratégias e os meios mais ajustados aos prestadores de cuidados de idosos com compromisso do autocuidado.
The aging population is today a phenomenon with high expression and that is tended to worsen. However aging, is not synonymous of dependency, we know that this process is accompanied life losses, which can be further enhanced by the presence of comorbidities. Considering the care needs of this population, it is the family that responds mostly. This problem arises the need to prepare these caregivers that integrate different realities and that to a certain point in their lives showed no affinity for areas of care and are now ready to answer to the needs of a given family. Their preparation includes requirements that comes from the health condition of the person with dependency, but also the difficulties inherent in the situational transition process that caregivers experience as well as the resulting impact against the exercise of the role of caregiver in life and person of these. Considering this complexity, the purpose of this study is to contribute to the development of a theory of nursing intervention over the role of care provider, in a strategic context to take into account the preparation for the return home for the elderly with impaired self-care, and potential for development of performance capacity of the caregiver. In order to give fulfillment to the purpose we set ourselves formulated the following objectives: identify which expressed needs of carers; identifying the nursing diagnoses frequently emerging from these requirements; analyze nursing diagnoses more frequently; identify nursing interventions implemented to the caregiver family; characterize the nursing interventions implemented to the caregiver family; understand the conception of nursing care to this population and explain the model for monitoring the caregiver family for the elderly with impaired self-care. In achieving the purpose and objectives outlined we chose we decided to conduct a multiple, sequential, with one strand exploratory study. This includes four studies. The first, "Characterization of caregivers of older people with impaired self-care" is a descriptive exploratory study. We use a convenience sample. Data collection took place between 1 September 2007 and 29 February 2008, having been featured, 115 caregivers and their elderly patients (115) with impaired self-care (total of caregivers contacted and locatable) enrolled in the Health Center of Leca da Palmeira and their health extensions: Lavra, Perafita and Santa Cruz do Bispo. For this we turn to several instruments that allowed us to characterize the target population of our study. The second study, "Characterization of nursing diagnoses and related interventions documented in the nursing information system", is using the mixed method and is also exploratory study. Incorporated a purposive sample, which integrated the nursing records documented in System Support Nursing Practice (SAPE), from 1 September 2007 and 29 February 2008, of the 115 participants included in the study I. The third study, "Perceived nurses how to structure the process of care, taking care needs of the care provider" is a qualitative exploratory and resorted to a convenience sample, which included the total number of nurses (33) who worked at the Health Centre of Leca da Palmeira health and their extensions: Lavra, Perafita and Santa Cruz do Bispo. For this we used the semi-structured interview. Data collection took place between June 1 and July 30, 2010. This third study came from the need to face recorded between care needs (Study I) and health care providers who are registered nurses (Study II), the information system of nursing, which clarify the underlying conception care of so: we know what needs to identify caregivers; realize what strategies and methods they use to meet these needs; know which location and motivations that nurses privilege to assist these caregivers and realize the limitations faced and the reasons that affect their answers to the care needs of caregivers. The fourth study, "Preparing the Homecoming care provider for the elderly with impaired self-care - a model for structuring monitoring", it is assumed as a corollary of determined in three studies cited above. For this we turn to focus groups, whose interviews were carried out between June and October 2011. For data processing, we performed a content analysis according to Strauss and Corbin. Induce a model of accurate monitoring of caregivers of older people with impaired self-care during the process of Homecoming. As noted above it is our intent to test that model in the form of a quasi-experimental study, after completion of our PhD. This model integrates three areas: • The skills of the caregiver, looking to see how we can assess initially and during the performance of their duties with the knowledge and skills of the carer, meet the needs of elderly caregivers. • The intensity, standing in the frequency and type of contacts between the nurse and family caregiver. Considering also in the initial phase a frequency closer and can be spaced more later. In the contacts we may use the presential contact or the phone, reconciling them in conjunction adjusted to the reality of care.• The didactic, in which we describe the teaching methods, strategies and means more adjusted to caregivers of elderly with impaired self-care.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15344
Aparece nas colecções:ICS(P) - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_Paulo Machado.pdf11,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.