Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15310
Título: Stress e Burnout em médicos dentistas da epidemiologia à comparação de instrumentos de medida
Autor: União, Ana Cláudia Bento
Orientador: Ribeiro, Claúdia
Ribeiro, Célia
Palavras-chave: Qualidade de vida
Stress
Síndrome de Burnout
Coping
Médico Dentista
Life Quality
Stress
Burnout Syndrome
Coping
Dentist
Data de Defesa: Jun-2014
Resumo: INTRODUÇÃO: O trabalho assume uma importância fundamental na vida de um indivíduo. Neste sentido, nos últimos anos tem-se dado uma importância crescente ao impacto do trabalho na saúde física e mental, sendo evidente que este nem sempre possibilita o crescimento e desenvolvimento humano, podendo desencadear situações de stress ou ainda de Burnout. MÉTODOS: É neste pressuposto que este estudo se enquadra. Ao nível estrutural, o presente trabalho encontra-se dividido em duas partes. Na primeira apresentamos o enquadramento teórico que consiste numa revisão da literatura, que aborda os modelos teóricos e conceptuais de Stress, Burnout e estratégias de Coping subjacentes. Na segunda parte, referente à investigação empírica, descrevemos a investigação realizada, sendo apresentados e discutidos os resultados encontrados. Foram realizados para o efeito, questionários a Médicos Dentistas, de forma a aferir a Qualidade de Vida através de instrumentos de medida específicos de Stress (Copenhagen Psychosocial Questionnaire - COPSOQII) e Síndrome de Burnout (Copenhagen Burnout Inventory - CBI) e de Saúde em geral (Short Form-36 versão 2 – SF-36v2). RESULTADOS: Os resultados encontados neste estudo, estão em consonância com a pesquisa bibliográfica, ou seja, os objectivos do estudo foram atingidos tanto para o Burnout como para a influência das variáveis sociodemográficas. O Síndrome de Burnout é um estado de exaustão física, emocional e mental, causado por um grande período de envolvimento em situações emocionalmente exigentes. Desta forma, o profissional de medicina dentária está em contacto permanente com o sofrimento, a dor, o desespero, a irritabilidade e demais reacções que podem surgir nos pacientes em razão da situação em que se encontram. CONCLUSÕES: Os médicos dentistas possuem elevados valores de Burnout e também existem diferenças significativas tendo em conta algumas variáveis sociodemográficas. Por fim este estudo, pode contribuir com um novo olhar, alertando para esta temática na profissão de médico dentista.
INTRODUCTION: The work has a fundamental importance in the life of an individual. In this regard, in recent years has become increasingly important given the work impact on physical and mental health, it is shure that is not possible to human growth and development, which can trigger or stressful or burnout situations. METHODS: This is the assumption that this study fits. At the structural level the present report is divided into two parts. At first we present the theorical framework consisting of a literature review, which discusses theorical models and conceptual stress, burnout and coping strategies underlying. In the second part, is related to empirical investigation, where we describe the investigation, present and discuss the results. Were done for this purpose questionnaires to dentists, in order to assess the quality of life through specific instruments for measuring Stress (Copenhagen Psychosocial Questionnaire - COPSOQII) and Burnout Syndrome (Copenhagen Burnout Inventory - CBI) and general health care (Short Form-36 version 2 - SF36v2). RESULTS: The results found in this study are in line with the bibliographical research, namely, the goals of the study have been achieved for both the burnout as to the influence of the sociodemographic variables.The burnout syndrome is a state of physically effort, emotionally and mental caused by a long period of involvement in demanding emotional situations. So, the dental professionals is in permanent contact suffering, pain, despair, irritability and other reactions that could be detected in the patients due to the situation in which they find themselves. CONCLUSIONS: Dentists have high values of burnout and there are also significant differences having regard to some demographic variables. Finally this study, can contribute with a new look, alerting you to this theme in the profession of dentist
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15310
Aparece nas colecções:ICS(V) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Stress e Burnout nos médicos dentistas. Da epidemiologia à comparação de instrumentos de medida.pdf3,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.