Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15301
Título: Comparação da perceção estética da proeminência mandibular e do perfil labial entre leigos, estudantes e profissionais de medicina dentária
Autor: Duarte, Andreia Filipa Alves
Orientador: Alves, Armindo
Pinto, Cláudia
Palavras-chave: Estética facial
perfil facial
proeminência mandibular
perfil labial
tratamento ortodôntico
facial aesthetics
facial profile
mandibular prominence
lip profile
orthodontic treatment
Data de Defesa: Jun-2014
Resumo: Introdução: A estética facial é, cada vez mais, um objeto de estudo e de motivação que leva as pessoas a recorrerem ao tratamento ortodôntico. A estética é influenciada por uma multiplicidade de fatores, entre os quais a cultura, o que condiciona a perceção estética de beleza em indivíduos de diferentes culturas. Os estudos demonstram que pessoas mais atraentes são mais bem sucedidas e mais bem aceites na sociedade. Objectivo: O objetivo deste estudo é identificar valores esteticamente aceitáveis para o perfil labial e para a proeminência mandibular, em indivíduos caucasianos de nacionalidade portuguesa. Pretende-se saber qual o impacto destas características no perfil facial e determinar a partir de que valores as mesmas podem pôr em causa a estética facial. Metodologia: Utilizaram-se fotografias de indivíduos dos géneros masculino e feminino, caucasianos e de nacionalidade portuguesa, com um perfil facial considerado normal, de acordo com os padrões estéticos atuais. As fotografias foram manipuladas de modo a aumentar e a diminuir os valores do perfil labial e proeminência mandibular. Estas, organizadas aleatoriamente, num álbum, foram avaliadas por uma amostra composta por 90 leigos, 90 estudantes de Medicina Dentária e 90 médicos dentistas que as classificaram de acordo com uma escala visual analógica de 100 mm. Resultados: Os resultados demonstram que, de uma forma geral, não existem diferenças na perceção estética entre género, grupos ou estudantes de Medicina Dentária de diferentes instituições de ensino. Contudo, foram verificadas diferenças estatisticamente significativas entre indivíduos com ou sem histórico de tratamento ortodôntico e entre alunos do 4º ano e do 5º ano do Mestrado Integrado em Medicina Dentária. Conclusão: As características em estudo, perfil labial e proeminência mandibular, têm um forte impacto na perceção de atratividade facial, sendo que as discrepâncias severas foram facilmente identificadas pelos vários grupos e consideradas pouco estéticas.
Introduction: Facial aesthetics are increasingly an object of study and motivation that leads people to search orthodontic treatment. Aesthetics are influenced by a multitude of factors, including culture, which affects the aesthetic perception of beauty of individuals from different cultures. Studies show that more attractive people are more successful and more accepted in society. Purpose: The aim of this study is to identify aesthetically acceptable values for the labial profile and chin prominence in Portuguese Caucasians individuals. We intend to know the impact of these characteristics in the facial profile and determine from what values they may affect facial aesthetics. Methods: Photos of a Portuguese Caucasian male and a female, with a facial profile considered normal according to current aesthetic standards were used. The photos were manipulated in order to increase and decrease the values of the labial profile and chin prominence. These photos, randomly arranged in an album, were displayed to 90 laypeople, 90 students and 90 dentists that evaluated them, according to a visual analogue scale of 100 mm. Results: The results showed that, generally, there are no differences about aesthetics perception among genders, groups or dental students of different universities. However, some significance differences occurred in individuals with or without orthodontic treatment and between 4th or 5th year dental students. Conclusion: The studied features, such as, lip profile and mandibular prominence, have a strong impact in aesthetics perception of facial attractiveness. Extreme deviations were easily noticed by the sample and considered less attractive.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15301
Aparece nas colecções:ICS(V) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.