Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15289
Título: Microflora oral e risco de doenças orais numa amostra de crianças portuguesas
Autor: Gomes, Veronique
Orientador: Veiga, Nélio
Correia, Maria José
Palavras-chave: Cárie dentária
biofilme oral
Streptococcus gordonii
Streptococcus salivarius
Dental caries
oral biofilm
Streptococcus gordonii
Streptococcus salivarius
Data de Defesa: Jun-2014
Resumo: Introdução: A saúde oral é parte da saúde geral, bem-estar e qualidade de vida. Deste modo, o conhecimento da prevalência da cárie dentária na população infantil leva-nos a adotar, cada vez mais, um conjunto de medidas de prevenção, permitindo o controlo, não só dos fatores etiológicos da doença, mas também a diminuição da sua incidência. O conhecimento da microflora oral e a exploração do potencial alcalinizante de algumas bactérias orais, são uma estratégia promissora no que diz respeito à prevenção da cárie dentária. Objetivos: Este estudo visa avaliar, os comportamentos e o estado de saúde oral das crianças participantes. Estudar a associação entre o estado de saúde oral das crianças e a presença de Streptococcus mutans; Streptococcus gordonii e Streptococcus salivarius. Métodos: Foi realizado um estudo epidemiológico observacional transversal com 189 crianças dos 6 aos 10 anos de idade. Foi aplicado um questionário aos pais/encarregados de educação sobre os comportamentos de higiene oral das crianças participantes no estudo. Realizou-se uma observação intraoral que nos permitiu determinar o índice de cpo-d e o CPO-D. Por fim, realizou-se a recolha e análise molecular de biofilme oral das crianças participantes. Resultados: Das crianças participantes 70 (36,8%) apresentam cpo-d de 0, com cpo-d entre 1-3 temos 84 (44,2%), e superior a 3 temos 35 (18,4%). Relativamente ao índice de CPO-D de 0 temos 136 (71,6%) crianças, entre 1-3 temos 47 (24,7%) e superior a 3 temos 7 (3,7%). Este estudo permitiu ainda demonstrar, que crianças que apresentam o dente da recolha cariado revelam a presença de Streptococcus mutans em 80% das vezes. Por sua vez, das crianças que não apresentavam o dente da recolha cariado, foram encontrados Streptococcus gordonii e Streptococcus salivarius numa percentagem de 85,7% para ambas as bactérias. Conclusões: Este estudo estabelece uma relação entre ausência de cárie e a presença de Streptococcus gordonii e Streptococcus salivarius.
Introduction: Oral health is part of overall health, wellbeing and quality of life. Thus, knowledge of the prevalence of dental caries in children leads us to adopt increasingly a set of preventive measures allowing control not only of the etiological factors of the disease, but also to decrease its incidence. Knowledge of oral microflora and exploitation of alkalizing potential of some oral bacteria are a promising strategy with regard to the prevention of dental caries. Objectives: This study aims to evaluate the behavior and oral health status of children participating by studying the association between oral health status of children and the presence of Streptococcus mutans; Streptococcus gordonii and Streptococcus salivarius. Methods: An observational cross-sectional epidemiological study was conducted with 189 children 6 to 10 years old. A questionnaire was given to parents / guardians regarding oral hygiene behaviors of participating children. We conducted an intraoral observation to determine the rate of dmtf/DMTF. Finally, the collection and molecular analysis of oral biofilm was done. Results: From the 70 participating children (36.8%) have dmtf 0, with dmtf between 1-3 have 84 (44.2%), and 35 have more than 3 (18.4%). Relating to DMFT index of 0 we have 136 (71.6%), children aged 1-3 have 47 (24.7%) and greater than 3 have 6 (3.7%). This study also demonstrated that children who have the decayed teeth are colonized by Streptococcus mutans 80% of the time. In turn, 85.7% of the children who did not have decayed teeth, were colonized by Streptococcus gordonii and Streptococcus salivarius. Conclusions: This study establishes a relationship between the absence of caries and colonization by Streptococcus gordonii and Streptococcus salivarius.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15289
Aparece nas colecções:ICS(V) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MJTESE FINAL VERONIQUE GOMES dia 23-6 docx.pdf4,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.