Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15285
Título: Uso de goteiras durante a atividade desportiva - estudo piloto
Autor: Lopes, Luís Filipe Ferreira
Orientador: Araújo, Filipe
Bexiga, Filipa
Palavras-chave: Desporto
goteira de proteção
proteção dentária
traumatismo
hóquei em patins
andebol
Sport
mouthguard
dental protection
trauma
prevention
roller hockey
handball
Data de Defesa: Jun-2014
Resumo: Introdução: Nos últimos anos verificamos um aumento na prática de atividades desportivas em Portugal. Este facto, acarreta um aumento lesões, entre as quais o trauma orofacial e dentário. Um dos meios, de os prevenir, é o uso de protetores bucais (goteiras de proteção). Os atletas, encarregados de educação, treinadores e dirigentes desportivos devem estar informados da sua importância de forma a desenvolverem atitudes que previnam ou minimizem o risco de trauma. Objetivos: Avaliar do uso de goteiras de proteção durante a prática desportiva e averiguar a perceção de atletas e treinadores, profissionais e amadores, da importância da utilização de protetores bucal/goteiras na prevenção de lesões da cavidade oral. Materiais e métodos: Foram efetuados 92 questionários, a 80 atletas praticantes de andebol ou hóquei em patins a nível amador ou profissional, e aos seus 12 treinadores. Após a recolha dos dados, estes foram inseridos e analisados estatisticamente através do software IBM SPSS Statistics®, v20.0.0 (Software Statistical Package for the Social Science). Resultados: Após a análise e tratamento dos dados, verificou-se que 22,5% dos atletas sofreu trauma oral ou dentário e que 90% dos atletas da amostra não usa protetor oral durante a prática desportiva. As causas mais apontadas para justificar tão baixo uso foram: dificuldades na respiração, na adaptação, e na fala, bem como o aumento do fluxo salivar. Todos os treinadores inquiridos consideraram que o protetor bucal previne a ocorrência de trauma oral durante a prática desportiva. A maioria dos treinadores (91,67%) demonstraram interesse em obter mais informação acerca do uso e tipo de goteiras. Conclusão: A recolha de informação sobre traumatismos orais ocorridos durante a prática desportiva é fundamental para estabelecer as necessárias medidas preventivas, assim como sensibilizar não só os praticantes mas também os responsáveis pelos atletas como é o caso dos treinadores. Apesar de reconhecerem os benefícios na prevenção do traumatismo oral, a grande maioria dos atletas das modalidades estudadas não usa goteira de proteção durante a prática desportiva, apontando como principais razões: dificuldade na respiração, na adaptação e na fala, bem como o aumento do fluxo salivar.
Introduction: In recent years we have been seeing an increase in the practice of sports activities in Portugal. This fact leads to an increase of injuries, including orofacial and dental ones. One of the means, to prevent them, is the use of mouthguards. Athletes, parents, coaches and sports leaders should be aware of its importance, in order to develop attitudes that prevent or minimize the risk of trauma. Objectives: To evaluate the use of mouthguards during sports and investigate the perception of athletes and coaches, professionals and amateurs, about the importance of the use of mouthguards in preventing injuries in the oral cavity. Materials and methods: 92 questionnaires were made to 80 athletes in handball and roller hockey at the amateur or professional level and their 12 coaches. After collecting the data, it was entered and analyzed statistically using the IBM ® SPSS Statistics software, v20.0.0 (Software Statistical Package for Social Science). Results: After analyzing and processing the data, it was found that 22.5% of the athletes suffered oral or dental trauma, and 90% of the athletes of the sample do not use mouthguards, during sports. The causes most frequently mentioned to justify such low usage were: difficulty in breathing, adaptation, in speaking, as well as an increased salivary flow. All the questioned coaches had regarded that the mouthguard prevents trauma occurrence during sport practice. Most coaches (91.67%) expressed interest in obtaining more information about the use and their types. Conclusion: Despite recognizing the benefits in the prevention of oral trauma, the majority of athletes of the modalities studied don't use gutter protection during sports, the main reasons pointed are: difficulty in breathing, adaptation and in speaking as well as the increased salivary flow. The collection of information, on oral injuries, occurred during sports, assumes importance in order to establish preventive measures and awareness not only of athletes but also for coaches.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15285
Aparece nas colecções:ICS(V) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
USO DE GOTEIRAS DURANTE A ATIVIDADE DESPORTIVA – ESTUDO PILOTO.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.