Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15221
Título: Supervisão pedagógica, avaliação do desempenho docente e desenvolvimento profissional : um percurso de aprendizagem
Autor: Lopes, Érica Correia
Orientador: Ribeiro, Célia dos Prazeres
Palavras-chave: Supervisão
Reflexão
Avaliação
Aprendizagem
Formação
Desenvolvimento
Qualidade
Supervision
Reflection
Appraisal
Learning
Training
Development
Quality
Data de Defesa: 10-Out-2013
Resumo: Na perspetiva de diversos autores sobre a escola atual, que apresentamos neste trabalho, supervisão e avaliação são tidas como fatores fundamentais ao serviço do desenvolvimento organizacional e do esforço contínuo pela melhoria da qualidade, na construção de uma escola de excelência. Na verdade, os conceitos de supervisão e avaliação evoluíram ao longo dos tempos, sendo hoje muito mais abrangentes do que em épocas passadas, sendo que, na moderna conceção de escola, as atividades supervisiva e avaliativa são percecionadas como complementares entre si, tal como evidenciamos no corpo teórico do nosso relatório. Assim, se em relação à avaliação, a sua vertente formativa tem adquirido mais destaque, não se limitando, portanto, à faceta meramente sumativa, no tocante à supervisão, a sua ação é entendida para além da formação inicial de professores, estando igualmente ao serviço da formação contínua. Neste sentido, o princípio da formação, razão de ser da escola, alarga-se, para além da pessoa do aluno e do contexto da sala de aula, passando para o âmbito profissional dos agentes educativos e também para o contexto organizacional. Foi neste contexto que nos propusemos elaborar o presente relatório de teor reflexivo sobre o nosso percurso profissional em termos de supervisão, avaliação e desenvolvimento profissional, na segunda parte deste trabalho, a qual constitui o relatório propriamente dito, fundamentando-o nas perspetivas de vários autores sobre esta temática, apresentadas no corpo teórico do mesmo. Habitualmente, ao falar-se de agentes educativos, o olhar dos estudiosos, em matéria de educação, focaliza-se na figura do professor e no seu desempenho, porquanto o docente constitui o elo mais visível de ligação entre escola e família, além de, obviamente, ser um dos elementos-chave do processo de ensino/aprendizagem e de participação no desenvolvimento da organização educativa. Por isso, tal como está expresso no enquadramento teórico deste trabalho e com base na nossa experiência profissional, refletida na segunda parte do mesmo, na escola dos nossos dias, a avaliação de desempenho docente torna-se indispensável, mas para além do âmbito meramente classificativo e de prestação de contas, dado esta ação ser isolada e, por si só, pouco significativa. De facto, é a faceta formativa da avaliação que justifica a razão de ser da avaliação de desempenho docente, enquanto promotora da reflexão e melhoria contínua do professor. É neste contexto que a atividade supervisiva se torna essencial, pela sua ação indutora de reflexão sobre a prática e de despistagem das necessidades de formação contínua, numa perspetiva de melhoria da ação docente em ambas a suas dimensões (na sala de aula e na organização). Através da ação supervisiva, indutora da reflexão sobre a prática, o docente é convidado a percorrer uma trajetória de aprendizagem individual, a qual, por sua vez, contribui para a aprendizagem sistémica, promovida pelo diálogo e pela partilha, tendo sempre como objetivo máximo a melhoria da qualidade do serviço prestado. Concluímos, assim, que supervisão pedagógica e avaliação de desempenho, desenvolvidas em sinergia, são potenciadoras da eficácia educativa de uma organização que se quer de qualidade e qualificante.
According to several authors on the current school, which we present in this work, supervision and assessment are seen as key factors in the service of organizational development and of the continuous effort to improve the quality, while building up a school of excellence. In fact, the concepts of supervision and assessment have evolved over time, nowadays being much more comprehensive than in the past, given that, to the modern conception of school, monitoring and assessment activities are perceived as complementary to each other, as showed in the theoretical part of our report. Thus, if regarding assessment, its training aspect has gained more prominence, being therefore not limited simply to the summative side, concerning the supervision, its action is understood beyond the initial teachers’ training, for it’s also at the service of continuous training. Therefore, the principle of teacher training, a reason for the school existence, extends beyond the individual student and the classroom context to the professional scope of the educational agents, as well as to the organizational context. In this context we set out to write this reflective report about our career regarding supervision, assessment and professional development, in the second part of this work, which is the report itself, based on the viewpoints of various authors on this subject, shown in theoretical framework of the report. Usually, when speaking of educational agents, the perspective of experts on education focuses the teacher and his performance, because the teacher is the more visible link connecting school and family, besides being, clearly, one of the key elements of the teaching/learning process and of participation in the development of educational organization. Therefore, as expressed in the theoretical framework of this study and based on our professional experience, reflected in the second part of it, in contemporary school, the evaluation of teaching performance is crucial, but beyond purely classifying and accountability, as this isolated and lone action is insignificant. In fact, it is the formative side of appraisal that justifies the reason for teacher’s performance assessment, as promoting reflection and teacher’s continuous improvement. In this situation, supervising activity becomes essential for encouraging reflection on practice and for identifying training needs, viewing teaching improvement in both dimensions (in the classroom and in the organization). Through supervision, which encourages reflection on practice, teachers are invited to cross the way of individual learning, which, in turn, adds to systemic learning promoted through dialogue and sharing, always with improving the quality of service as the ultimate goal. Hence, we come to the conclusion that educational supervision and performance appraisal, developed in synergy, increase the educational effectiveness of a quality and qualifying organization.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15221
Aparece nas colecções:DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório Reflexivo Final visto SPAD Érica Lopes PDF.pdf1,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.