Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/15170
Título: Fatores de risco e protetores da delinquência juvenil em jovens com medida tutelar educativa
Autor: Cunha, Cláudia Filipa Machado da
Orientador: Matos, Raquel
Veríssimo, Lurdes
Palavras-chave: Adolescência
Delinquência juvenil
Fatores de risco
Fatores de proteção
Lei Tutelar Educativa
Adolescence/ Minors
Juvenile Delinquency/Offending
Youth Crime
Risk Factor
Protective factors
Portuguese Educational Guardianship Law
Data de Defesa: 24-Jul-2014
Resumo: Os fatores de risco e proteção da delinquência juvenil têm sido amplamente discutidos como importantes indicadores para uma prevenção e intervenção fundamentada e adequada neste fenómeno (Hawkins et al, 2000; Holmes, Slaughter & Kashani, 2001). Sabe-se que os fatores de risco da delinquência juvenil têm sido entendidos como aqueles que aumentam a probabilidade de ocorrência dos comportamentos antissociais e delinquentes, enquanto os fatores de proteção têm sido entendidos como indicadores que inibem a ocorrência destes mesmos comportamentos (Matos, Negreiros, Simões & Gaspar, 2009). Ao longo dos últimos anos, vários autores têm-se ocupado de categorizar os diferentes fatores de risco e de proteção por domínios (e.g., individuais, grupo de pares, relacionais, familiares) (Shader, 2003). Especialmente centrado nos fatores familiares, relacionados com o grupo de pares e contextuais, o presente estudo tem como objetivo identificar fatores de risco e fatores de proteção numa amostra composta por jovens em cumprimento de medida tutelar ao abrigo da Lei Tutelar Educativa, nº166/99. Para tal, foi administrado o questionário MERLINO a 105 jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos, inseridos nas áreas metropolitanas do Porto e Lisboa e em cumprimento de medida em regime de internamento (centros educativos) e na comunidade. O estudo permitiu concluir que os comportamentos delituosos do grupo de pares estão associados a jovens com medida na comunidade, a jovens mais velhos e a jovens com um maior número de contactos anteriores com a Justiça. Os dados foram discutidos à luz da perspetiva desenvolvimental, centrando-se nas especificidades dos fatores de risco e protetores familiares, grupo de pares e contextuais (e.g., Farrington, 1987, Fréchette & LeBlanc, 1987, Loeber, 1988, Moffitt, 1993, Agra e Matos, 1997, Ferreira, 1997, Born, 2005, Negreiros, 2008).
Risk and Protective Factorsof juveniledelinquency have been widely discussed as important indicators for a substantiated and appropriate prevention and intervention, to this phenomenon (Hawkins et al, 2000; Holmes, Slaughter & Kashani, 2001). It is known that risk factors of juvenile offending have been understood as those which increase the probability of occurrence of an antisocial and delinquent behavior, while protective factors indicators have been defined as those which inhibit its incidence (Matos, Negreiros, & Gaspar Simões, 2009). Over the last years, many authors have been carefuly categorize the different risk and protective factors (eg, individual, peer group, relational, family) (Shader, 2003). With a particular focusing on the relation of family factors to peer group and context, this study aims to identify risk and protective factors in a sample of young people who fulffil legal system´s measures under the Portuguese Educational Guardianship Law, No. 166/99.To this end, the MERLINO questionnaire was administered to 105 young people aged between 14 and 17 years old, located in the metropolitan areas of Lisbon and Oporto, who were under legal measures in young offender institution/educational institutions and in community. The study concluded that the criminal conduct of the peer group are associated to young people under legal community measures, older minors and, also, young people with a higher number of previous contacts with the law. Data were discussed and based on the developmental perspective, and focused on specificities of the risk and protective factors in family, peer group and contextual (eg, Farrington, 1987 LeBlanc & Fréchette, 1987, Loeber, 1988, Moffitt, 1993, Agra and Matos, 1997 Ferreira, 1997 Born, 2005 Negreiros, 2008).
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/15170
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Cláudia Cunha.pdf581,5 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.