Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/14943
Título: O impacto económico e social da infecção do local cirúrgico, após artroplastia da anca, num hospital público do Algarve
Autor: Veiga, Ana Dora P. Eduardo Guerreiro da
Orientador: Correia, Antónia de Jesus Henrique
Sousa, João Paulo Ribeiro de
Palavras-chave: artroplastia da anca
infecção associada aos cuidados de saúde
custo da infecção do local cirúrgico
hip arthroplasty
infection associated with healthcare
cost of surgical site infection
Data de Defesa: 17-Mar-2014
Resumo: Introdução: Numa era em que os recursos dedicados aos cuidados de saúde são escassos e valiosos, importa demonstrar quais os custos associados à infecção, para que se possa compreender o valor do investimento na sua prevenção. O caso da artroplastia da anca constitui o ponto de partida. Metodologia: Com este estudo pretende-se contribuir para a definição de um sistema de avaliação do impacto económico e social da infecção do local cirúrgico, tendo objectivado a identificação de: taxa de infecção do local cirúrgico; custo médio da infecção do local cirúrgico; o efeito social nos doentes com infecção do local cirúrgico. Desenvolveu-se um estudo retrospectivo, de caso:controlo, numa população de 715 doentes submetidos a artroplastia da anca, entre 2005-2009, com uma amostra de 43 doentes com infecção. Foram utilizados um formulário e um questionário (escala de avaliação da saúde física e mental SF 36, validada para a população portuguesa por Ferreira (2000)). Resultados: A infecção do local cirúrgico, com uma taxa de 6,3%, surgiu maioritariamente em mulheres (74,4%), com uma média de idades de 78 anos, submetidos a artroplastia da anca não cimentada, devido a fractura do colo do fémur (88,4%). Comparativamente com os controlos, os doentes com infecção apresentaram mais 12 dias de internamento, utilizaram o bloco operatório mais 0,23 vezes, tiveram uma taxa de reinternamento de 13,9% e consumiram mais antibióticos e exames. O doente com infecção apresentou em média um custo acrescido de 6 375,97€. No efeito social da infecção, verificou-se uma maior taxa de mortalidade no doente afectado, que aparenta ter uma menor saúde física e menor desempenho emocional. Conclusões: O impacto negativo da infecção após a artroplastia da anca é real. Espera-se sensibilizar gestores e profissionais de saúde para a importância do investimento na prevenção.
Introduction: In a period where the resources devoted to healthcare are short and valuable, it is important to demonstrate which are the costs associated with the infection, so that one can understand the value on investing in prevention. The case of hip replacement surgery is the starting point. Methods: With this study we aim to contribute to the definition of an evaluation system of the social and economic impact of surgical site infection, have objectified the determination of: rate of surgical site infection; the average value of the infection; the social effect in patients with infection. We developed a retrospective case:control study in a population of 715 patients undergoing hip replacement surgery, between 2005 to 2009 , with a sample of 43 patients with infection. We used a form and a questionnaire (which includes assessment scale physical and mental health SF 36, validated to the Portuguese people by Ferreira (2000)). Results: A surgical site infection with a rate of 6,3 %, came mostly in women (74,4 %) with the average age of 78 years who underwent uncemented hip replacement due to fracture of the femoral neck (88,4 %). Compared with controls, patients with infection had more 12 days of hospitalization, used the operating room over 0,23 times, had a readmission rate of 13,9 % and consumed more antibiotics and exams. The patient with infection had an increased cost of € 6 375,97. In the social effect of the infection, the mortality rate in patients with infection was bigger, and they appear to have less physical health and lower emotional performance. Conclusion: The negative impact of infection after hip replacement surgery is real and we hope to sensitize managers and health professionals to the importance on investing in prevention
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/14943
Aparece nas colecções:ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O impacto económico e social da ILC, após artroplastia da an.pdf1,52 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.