Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/14782
Título: A humanização como expressão máxima do cuidado ao doente crítico
Autor: Veríssimo, Filipa Isabel Lopes
Orientador: Sousa, Patrícia Pontífice
Data de Defesa: 23-Out-2013
Resumo: O presente relatório, desenvolvido no âmbito do Curso de Mestrado Profissional na área de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica, pretende retratar um percurso académico e profissional consolidado pelo contacto com os doentes, com as famílias e com os profissionais de saúde, em tempos e realidades diferentes, mas que se cruzam na riqueza das relações, no crescimento pessoal e no desenvolvimento de competências especializadas. Ainda que os estágios decorram em contextos diferentes, nomeadamente na área dos cuidados paliativos e no serviço de urgência, onde os avanços tecnológicos não param de me surpreender, para além das competências técnicas e científicas necessárias, foram considerados os direitos da pessoa, com respeito pela sua autonomia e privacidade. A relação interpessoal enfermeiro-pessoa/família assume um papel fundamental na qualidade dos cuidados e traduz-se num dos principais eixos da humanização, daí a minha preocupação em trabalhar esta questão com maior clareza e destaque no primeiro capítulo do relatório, sob a forma de uma revisão sistemática da literatura. De facto, a forma como cada ser humano se comporta é indicadora do seu modo de estar na vida, no entanto, só existimos e crescemos na relação com os outros. É através das relações interpessoais, do ato de comunicar, que conseguimos satisfazer algumas das nossas necessidades, nomeadamente, de reconhecimento, de confiança, de respeito, de proteção e de dignidade. Foi partindo destes princípios que durante o meu percurso procurei sustentar as minhas intervenções visando sempre a pessoa doente como um ser holístico. Perante o exposto, a humanização dos cuidados apresenta-se como uma das exigências do processo de saúde-doença. Da convicção que a pessoa humana e a sua vida têm um valor incomensurável em qualquer situação, surgiu o interesse e necessidade de abordar esta temática que é transversal aos dois campos de estágio. Este relatório apresenta assim intervenções de enfermagem direcionadas para o doente crítico, quer perante situações em que o projeto curativo não faz sentido, mas em compensação o CUIDAR revela-se uma necessidade imperiosa, inserido num contexto de cuidados paliativos; quer pela necessidade imediata de recuperação ou manutenção das suas funções vitais, em contexto de urgência. Os dois estágios, pela sua especificidade, exigiram também a aplicação e contribuição de alguns referenciais teóricos, concretizados na Escola da Interação com Hildegard Peplau e Joyce Travelbee, que serviram de orientação ao processo comunicacional com a pessoa doente, e na Escola do Caring com Jean Watson e Kristen Swanson, fundamentando as minhas intervenções tendo sempre subjacente um cuidado humanizado. Para a ilustração de cada um dos módulos, que farei segundo uma ordem cronológica de realização, procurei usar uma metodologia descritiva, e que atendesse à capacidade reflexiva e crítica das atividades desenvolvidas, tendo em conta o projeto de estágio e o portefólio.
This report, developed in the framework of the master's degree with specialization in Medical-Surgical Nursing, seeks to portray an academic and professional career founded on the interaction between patients, families and healthcare professionals, in different times and settings, but that overlap in terms of the achieved personal growth, development of expertise and the depth of the established relationships. Although the internships took place in different healthcare contexts, namely palliative care and the emergency room, – the technological advances of which do not cease to amaze me – in addition to the necessary technical and scientific skills, the rights of the person, the respect for their autonomy and privacy, were taken into account. The nurse-person/family relationship plays a key role in the quality of care and is one of the main axes of humanization, hence my concern in approaching this issue with clarity and featuring it in the first chapter of the report, in the form of a systematic review of the literature. How each person behaves is indicative of their way of being in life, however, we only exist and grow when in relationship with others. It is through the interpersonal relationships, the act of communicating, that we are able to meet some of our needs, in particular those of recognition, confidence, respect, protection and dignity. It is on these principles that I have tried to support my interventions during my career, always viewing the sick person as a holistic being. As such, the humanization of care presents itself as a requirement to the health-disease process. From the conviction that the human person and his life have immeasurable value in any situation stems the interest and need to address this issue that is transverse to both internship placements. In view of the above this report presents nursing interventions directed to the critical patient, both in situations in which the healing project makes no sense, but on the other hand the CARE is absolutely essential, as in the context of palliative care; and when there’s an immediate need for recovery or maintenance of vital functions, as in the context of emergency. The different nature of the two internship placements demanded the use and contribution of some of the literature revision found in School of Interaction by Hildegard Peplau and Joyce Travelbee, which served as a guideline to the communication process with the sick person, and in School of Caring by Jean Watson and Kristen Swanson, thus vesting my interventions with a sense of underlying humanized care. In order to illustrate each of the modules, which will be done in a chronological order of achievement, I attempted to use a descriptive methodology that would allow inclusion of reflective and critical aspects of the developed activities, while taking the internship project and portfolio into account.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/14782
Aparece nas colecções:ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório para mestrado Filipa.pdf6,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.