Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/14728
Título: Gestão intercultural e cultura organizacional : o caso do Volkswagen Bank em Portugal
Autor: Pires, Sara Santiago
Orientador: Hanenberg, Peter
Palavras-chave: Comunicação Intercultural
Gestão Intercultural
Cultural Organizacional
Línguas Aplicadas
Intercultural Communication
Intercultural Management
Organizational Culture
Applied Languages
Data de Defesa: 12-Mar-2014
Resumo: A globalização e o consequente desenvolvimento das tecnologias acentuaram a possibilidade de deslocação de empresas e pessoas. No mundo globalizado, as multinacionais passaram a fazer parte dos tecidos empresariais locais e as equipas de trabalho passaram, em muitos casos, a ser compostas não só por indivíduos locais mas também por colegas de outros países. Assim sendo, a língua, a cultura e a comunicação intercultural passaram a ter um papel relevante pois passou a ser necessário uniformizar práticas entre empresa mãe e subsidiárias, assim como ter em atenção possíveis diferenças culturais entre a cultura de partida e a cultura de chegada. O objetivo deste trabalho será, a partir de uma experiência profissional em contexto de estágio no Volkswagen Bank, tentar perceber qual a dinâmica cultural e organizacional de uma multinacional. Neste caso, compreender quais as principais diferenças culturais entre a cultura alemã e a cultura portuguesa e de que forma essas diferenças contribuem ou modificam a cultura organizacional no ambiente de trabalho de um grupo multinacional como o Volkswagen Bank.
Intercultural management and organizational culture: the case study of Volkswagen Bank in Portugal The globalization and consequent development of technologies have accentuated the possibility of displacement of companies and people. In the globalized world, the multinationals have become part of the local business panorama and the teams are, in many cases, made of not only local individuals but also of other colleagues who come from different countries. For that reason, language, culture and intercultural communication have become more relevant because there is the need to standardize practices between the headquarters of a company and the its subsidiaries but also because it is necessary to consider the possible cultural differences between the original culture of the company and the cultures of the countries a company is establishing subsidiaries in. Following an internship experience at Volkswagen Bank in Portugal, the main goal of this work is trying to understand how to characterize the cultural and organizational dynamics of a multinational company. In this specific case, the aim is to identify the major cultural differences between the Portuguese and the German cultures and how those cultural differences contribute or modify the organizational culture and the working environment in a multinational company like Volkswagen Bank.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/14728
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio COM CAPA.pdf1,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.