Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/14724
Título: Era uma vez... a imagem do árabe nas histórias infantis segundo as crianças
Autor: Carmo, Ana Cristina Borges Marques do
Orientador: Policarpo, Verónica
Palavras-chave: Árabes
Identidade
Outro
Narrativa
Diplomacia Pública
Recepção de Literatura Infantil
Arabs
Identity
Other
Narrative
Public Diplomacy
Reception of Children’s Literature
Data de Defesa: 3-Abr-2014
Resumo: Esta dissertação tem por objectivo analisar algumas histórias infantis que retratam o Árabe, olhando de perto os traços dessa representação simbólica e confrontando-a com a apropriação que delas fazem as crianças. Para esse efeito foram seleccionados quatro textos, nomeadamente O Sultão Solimão e o Criado Maldonado, A Moura de Monchique, O Bobo do Sultão e Ali Babá e os 40 Ladrões. No respeitante à metodologia, foram utilizados técnicas e métodos qualitativos, justificados pela natureza exploratória da investigação, não apenas junto das crianças, mas também de professores e de agentes mediadores do processo literário – uma escritora, uma ilustradora e uma editora. Na tentativa de compreendermos o modo como estes textos são hoje recebidos pelos mais novos, foram realizadas entrevistas em profundidade e investigação visual. Do tapete voador da narrativa, veremos como crianças entre os cinco e os oito anos de idade fazem hoje sentido de mensagens seculares e qual o posicionamento das crianças inquiridas face à descrição do Outro. Os resultados da investigação a que procedemos revelam que a apropriação de conteúdos é mais influenciada pelo meio cultural de inserção da criança do que, por exemplo, pelo género. O estudo demonstra ainda uma clara mudança de atitude face ao Árabe, antes e depois de escutadas as histórias.
In this dissertation, we look at a few stories for children that portray the Arab and analyze from a close angle the aspects of their symbolic representation against content appropriation by young children. For that purpose, four stories were selected – two modern Portuguese short stories and a further two from the 1001 Nights collection. In terms of methodology, and based upon the exploratory nature of this research, we used qualitative methods and techniques, not only with the children but also with adult mediators, such as teachers and agents of the literary process – a writer, an illustrator and a a representative from a publishing house. In the attempt to further understand the way these stories are today received by the youngest, our line of study also contemplated in-depth interviews and visual research. From the flying carpet of the narrative, we look at how children aged five to eight make sense of retold stories and the stance they take when faced with the description of the Other. The results of our study show that content appropriation is more impacted by the child’s cultural ambiance than, say, by genre. The conducted research also reveals a clear change of attitude towards the Arab, prior to and following the narration of the stories.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/14724
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa e resumo.pdf55,96 kBAdobe PDFVer/Abrir
TESE DE MESTRADO 7 de Nov - 1404.pdf2,36 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.