Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/14717
Título: A avaliação da performance no ensino profissional de música : processos de avaliação e subjetividade
Autor: Carneiro, Lurdes da Conceição Ferreira
Orientador: Fonseca, Sofia Lourenço da
Palavras-chave: Avaliação
Avaliação da Performance Musical
Subjetividade
Assessment
Music Performance Evaluation
Subjectivity
Data de Defesa: 29-Nov-2013
Resumo: Os processos de avaliação do ensino são um objeto de estudo das ciências da educação, e as ideias e conceitos que têm sido produzidos e desenvolvidos, por investigadores nacionais e internacionais, gradualmente, têm transformado o contexto da educação atual. Conforme a literatura crítica consultada, parece ser, para a generalidade dos professores, uma área que desperta dificuldades. Vários autores referem que na avaliação da performance artística, particularmente na música, assim como em qualquer tipo de julgamento ou avaliação, é verificada a presença de um certo grau de subjetividade. Esta subjetividade imanente ao indivíduo, e neste caso, ao músico/professor, resulta de influências sofridas ao longo da sua formação e desenvolvimento pessoal, académico e profissional. De que forma podemos conviver com esta subjetividade nas práticas de avaliação realizadas nas escolas profissionais de música? Que ferramentas se podem utilizar para clarificar e auxiliar os processos de avaliação? Seguindo a estratégia metodológica de um estudo de caso numa abordagem qualitativa, partimos da observação de um exemplo particular, para construir uma noção sobre a avaliação da performance musical e a sua subjetividade. Esta dissertação tenta promover o encontro da arte e do conhecimento: a música, a filosofia (estética) e as ciências da educação (teorias da avaliação).
Assessment is an investigation object in educational sciences, and the ideas and concepts that have been produced and developed, by national and international researchers, gradually have transformed the context of current education. According to the consulted literature, it seems to be, for most teachers, an area that arouses some difficulties. As stated by several authors, the evaluation of artistic performance, particularly in music, as in any kind of judgment or assessment, is verified the presence of subjectivity. This subjectivity inherent to the individual, and in this case, the musician / teacher, is the result of influences suffered throughout his training and personal, academic and professional growth. How can we get along with this subjectivity in the evaluation practices in music schools? Which tools can be used by teachers, to clarify and help the evaluation processes? Following the methodological strategy and qualitative approach of the study case, we start from the observation of a particular example, to build an notion on the assessment of musical performance and its subjectivity. This dissertation and his subject, attempts to promote the meeting of art and knowledge: music, philosophy (aesthetics) and educational sciences (evaluation theories).
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/14717
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
EA - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.