Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13976
Título: Prevenção e controlo da infeção na preparação e administração de medicamentos endovenosos
Autor: Ramos, Susana Maria Sardinha Vieira
Orientador: Friedlander, Maria Romana
Palavras-chave: Infeção Associada aos Cuidados de Saúde
Higienização das Mãos
Segurança do Doente
Práticas Seguras com Injetáveis
Medicamento
Healthcare-Associated Infections
Hand Hygiene
Patient Safety
Injection Safe Practices
Medicine
Data de Defesa: 3-Abr-2013
Resumo: Introdução - Uma das grandes áreas de responsabilidade dos enfermeiros é a preparação e administração de medicamentos, sendo vital a implementação procedimentos de controlo de infeção que visem práticas seguras. Objetivos - Verificar os itens que são cumpridos pelos enfermeiros mediante as recomendações de prevenção e controlo da infeção para a preparação de medicamentos endovenosos, administrados em dispositivos intra-vasculares e descrever com que frequência as recomendações são cumpridas. Material e Métodos - Estudo descritivo simples observacional com enfoque na abordagem quantitativa. Observadas as práticas de 37 enfermeiros em três períodos distintos, totalizando 111 observações. Resultados – A técnica de higienização das mãos com solução antisséptica de base alcoólica (SABA) foi a mais frequentemente utilizada pelos enfermeiros, antes e após a administração dos medicamentos. Em ambas as técnicas de higienização das mãos (água e sabão ou SABA) foram observadas taxas de cumprimento mais baixas nos passos que exigem alguns movimentos mais incisivos e complexos para a eficaz descontaminação das mãos. O tempo que cada profissional dispensou para a realização da técnica, ficou muito aquém do preconizado. A higiene das mãos obteve taxas de adesão mais elevadas após a administração do medicamento (73% e 75,7%). O cumprimento total das práticas para a prevenção da infeção quer na preparação do medicamento (18,9%) quer na sua administração (42,3%) ficou abaixo do desejável. A descontaminação da via de acesso com álcool a 70% antes da administração do medicamento verificou-se em cerca de metade das observações (48,6%). Conclusões – O estudo evidenciou que os enfermeiros não cumprem sistematicamente todos os itens constantes nas recomendações sendo essencial promover programas de formação/informação e de auditoria para que os profissionais conheçam e adiram sistematicamente às recomendações de prevenção e controlo da infeção no uso do medicamento.
Introduction - The preparation and administration of medicines is one major area of responsibility for nurses, being vital to implementation infection control procedures that underlie this action. Objectives - to verify the items that are fulfilled by nurses following the recommendations for prevention and infection control for the preparation intravenous medicines in intra-vascular devices and describes how often the recommendations are completed. Material and Methods - An observational and simple descriptive study was done with a quantitative approach. We observed the practices of 37 nurses in to three different periods, totaling 111 observations. Results - The technique of hand washing with alcohol-based antiseptic solution (ABAS) was more frequently used by nurses before and after administration of medicines. Lower compliance rates were observed in steps that required more incisive and complex movements for effective decontamination of hands in both hand hygiene techniques (water and soap or ABAS). The time each relevant professional waived for the technique was much lower than recommended. The compliance rates hand hygiene obtained were higher after medicine administration (73% e 75,7%). The total compliance rate concerning practices for the prevention of infection in preparation (18,9%) and administration (42,3%) of medicines was lower than expected. The decontamination of the access route with 70% alcohol before medicine administration was observed in about half of the observations (48,6%). Conclusions - The study showed that nurses do not consistently meet all items listed in the recommendations so is essential to promote training/information and audit programs for professionals to know and adhere systematically to recommendations for prevention and control of infection in the use of the medicine.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13976
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Susana_Ramos_2012-cd.pdf2,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.