Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13745
Título: Ansiedade, qualidade do relacionamento conjugal e vinculação materna ao feto : estudo com grávidas primíparas e multíparas
Autor: Magalhães, Cláudia Sofia Pereira
Orientador: Trovisqueira, Ana Margarida
Palavras-chave: Ansiedade
Relacionamento Conjugal
Vinculação Pré-Natal
Paridade
Anxiety
Marital Relationship
Prenatal Attachment
Parity
Data de Defesa: 22-Jul-2013
Resumo: A gravidez é um período caraterizado por várias mudanças na vida da mulher. É nesta fase repleta de sentimentos ambivalentes, que se dá início à formação do vínculo mãe-bebé. Esta vinculação pré-natal materna relaciona-se com diferentes variáveis psicossociais como a ansiedade e qualidade do relacionamento conjugal que influenciam o bem-estar da grávida e do bebé. O objetivo central desta investigação foi comparar uma amostra de mulheres grávidas primíparas com um grupo de mulheres multíparas em relação à vinculação pré-natal materna ao feto, à ansiedade na gravidez e à qualidade do relacionamento conjugal. A investigação foi de natureza observacional, descritivo-transversal. A amostra foi constituída por 62 utentes do ACES Alto Ave. Foram administrados o Antenatal Emotional Attachment Scale, o State- Trait Anxiety Inventory (STAI) e Relationship Questionnaire (RQ). Os resultados mostraram que a qualidade do relacionamento conjugal positivo difere entre as grávidas multíparas e primíparas, evidenciando as últimas mais aspetos positivos na relação conjugal. Constatou-se também que ao nível da subescala ansiedade traço, as grávidas multíparas apresentam maior sintomatologia ansiosa do que as grávidas primíparas. Ao nível da vinculação pré-natal e ansiedade estado não se verificaram diferenças entre as grávidas primíparas e multíparas. Os resultados desta investigação no âmbito da Psicologia da Parentalidade sublinham a necessidade de um maior investimento na prevenção e intervenção durante o período da gravidez com a finalidade de promover uma melhor parentalidade.
Pregnancy is a period characterized by several changes in women’s lives. It is at this stage, full of ambivalent feelings, where the formation of the bond between mother and baby is initiated. This prenatal maternal linking relates to different psychosocial variables such as anxiety and marital relationship quality, affecting the welfare of pregnant woman and baby. The main goal of this research was to compare a sample of pregnant gilts, with a group of multiparous women, in terms of prenatal maternal attachment to fetus during pregnancy, and anxiety and quality of the marital relationship. The research was observational, descriptive and transversal. The sample consisted of 62 users of ACES Alto Ave (Regional Health Care Center Cluster of Alto Ave), who were administered the Antenatal Emotional Attachment Scale, the State-Trait Anxiety Inventory (STAI) and Relationship Questionnaire (RQ). The results showed that the quality of the marital relationship differs between positive pregnant multiparous and primiparous, and the latest have shown most positive aspects in the marital relationship. It was also found that as far as the level of trait anxiety subscale is concerned, multiparous pregnant women have higher anxiety symptoms than pregnant gilts. In terms of prenatal linking and anxiety state, there were no differences registered between primiparous and multiparous pregnants. The results of this research in the psychology of parenting, stress the need for greater investment in prevention and intervention during pregnancy, in order to promote better parenting.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13745
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Cláudia Magalhães.pdf606,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.