Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13692
Título: A construção da identidade e as dinâmicas relacionais entre padrasto e enteado numa família recomposta
Autor: Costa, Sónia Marta Vilaça Araújo
Orientador: Gonçalves, Armanda Paula Cunha
Palavras-chave: Identidade
Dinâmicas Relacionais nas Famílias Reconstituídas
Identity
Relational Dynamics in Reconstituted Families
Data de Defesa: 8-Out-2012
Resumo: As famílias recompostas podem ser definidas como famílias em que pelo menos um dos cônjuges é padrasto ou madrasta do filho(s) do actual companheiro(a). Esta investigação tem como objectivo perceber como é construída a identidade e as dinâmicas relacionais entre padrasto e enteado numa família recomposta, através de um estudo de caso instrumental de natureza qualitativa. Foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas, aplicadas ao casal, ao enteado e aos avós da família reconstituída. Foi aplicado o Remarriage Belief Inventory (Higginbotham & Adler-Baeder, 2008), o Stepparent Role Strain Index (Fellmann, Galán, Roque & Galán, 2008), a La Duppia Luna (Greco, 1999) e o Ecomapa (Hartman, 1978). Neste trabalho iremos detalhar os resultados da aplicação do Stepparent Role Strain Index (Fellmann, Galán, Roque & Galán, 2008). Os principais resultados mostram-nos que na construção do casal recomposto existe a interferência entre o subsistema conjugal e filial. Apesar de existir uma dimensão afectiva, relacional e ética verificam-se dificuldades na relação. Para além disso, observa-se a presença de idealizações e expectativas da nova união. Na construção do papel do padrasto e a construção da relação entre padrasto e enteado, destaca-se a centralidade da figura materna e a importância do factor tempo.
The stepfamilies can be defined as the families where at least one of the partners is a stepfather or stepmother of the son’s current mate. This research has on its purpose to understand how the identity and the relational dynamics between stepfather and stepson are constructed in a stepfamily, through a instrumental case study with a qualitative nature. We used semi-structured interviews which were applied to the couple, to the stepson, and to the grandparents of the stepfamily. The instruments applied were the Remarriage Belief Inventory (Higginbotham & Adler-Baeder, 2008), the Stepparent Role Strain Index (Fellmann, Galán, Roque & Galán, 2008), the La Duppia Luna (Greco, 1999) and the Ecomapa (Hartman, 1978). In this work we will present the details of the results of the Stepparent Role Strain Index application (Fellmann, Galán, Roque & Galán, 2008). The main results show us that at the construction of the stepfamily’s couple there is an interference between the conjugal and the filial subsystem. Although there is an affective, relational and ethic dimension, difficulties in the relationship are verified. Besides, a presence of idealizations and expectations for the new union are observed. In the stepfather’s role construction and the construction of the relationship between stepfather and stepson, the centrality of the motherly figure is highlighted as well as the importance of the time factor.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13692
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Mestrado Sónia Costa.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.