Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13677
Título: Ensinar a pensar como metodologia em geometria descritiva
Autor: Fernandes, Filipa Isabel Alves Moreira
Orientador: Brito, José Henrique Silveira de
Coelho, Ana Sofia Guimarães Thenaisie
Palavras-chave: Artes Visuais
Geometria Descritiva
Construtivismo
Pensamento Geométrico
Visual Arts
Descriptive Geometry
Constructivism
Geometrical Thinking
Data de Defesa: 5-Jul-2013
Resumo: Ensinar a Pensar é um tema que tem vindo a suscitar muito interesse na área da educação e são vários os investigadores que apelam à sua aplicação como forma de promover a autonomia, a autoestima e o raciocínio dos alunos. Muitos alunos apresentam dificuldades de aprendizagem porque simplesmente memorizam, tentam reproduzir as fórmulas que lhes foram transmitidas ou as respostas que lhes foram reveladas, como se de máquinas ou de computadores se tratassem, condicionando a capacidade de relacionar conceitos e articular conteúdos ou aplicar conteúdos a novas situações. Na área da Geometria Descritiva, o problema explanado tem vindo a repercutir-se nos resultados negativos obtidos nos últimos anos. Defendemos, por isso, que, não obstante alguns obstáculos com que o professor se confronta, este deverá desenvolver uma metodologia que privilegie um ensino pela descoberta, centrada no aluno. Este deverá sentir-se confiante e motivado para resolver um problema, apresentando hipóteses de resposta, sob a forma de tentativas-erro até encontrar a solução correta através da intuição e da dedução. Foi esta a metodologia adotada no Estágio Pedagógico que está subjacente à realização deste relatório e no qual se pretendeu aferir a sua eficácia junto de uma turma de 12º ano.
Teaching to think is a topic that is growing in education and several researchers appeal to its use as a mean to promote student’s autonomy, self-esteem and thought. Many students show learning disabilities because they simply memorise and reproduce the formulas they were conveyed, as if they were machines or computers, limiting the ability to relate concepts, articulate contents or apply them to new situations. In Descriptive Geometry, the presented issue is perceived by the negative results throughout the past years. Therefore, despite some obstacles teachers might encounter, we stand for a methodology that favours teaching by discovery, centred on the student. The learner should feel confident and motivated to solve a problem, presenting hypothetical responses as trial and error until the correct solution is found through intuition and deduction. This was the methodology adopted in the Teacher Training that underlies the production of this report and which was intended to gauge its effectiveness with a 12th form group.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13677
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio_Filipa Fernandes.pdf1,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.