Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13627
Título: Protocolo clínico para a reabilitação de espaços edêntulos delimitados com recurso a prótese fixa
Autor: Mora, Lídia Cangueiro
Orientador: Esteves, Helder José Martins Esteves
Silva, Ana Margarida
Palavras-chave: Espaço Edêntulo Delimitado
Reabsorção Óssea
Defeitos Mucogengivais
Cirurgia Periodontal Plástica
Prótese Gengival
Bounded Edentulous Space
Alveolar Bone Loss
Soft Tissue Defects
Periodontal Plastic Surgery
Gingival Prosthesis
Data de Defesa: 9-Out-2013
Resumo: Introdução: A reabilitação protética de um espaço edêntulo delimitado garante o equilíbrio do sistema estomatognático: substitui as peças dentárias em falta, evita a extrusão dos dentes antagonistas, a movimentação dos dentes adjacentes e as alterações nas estruturas de suporte, como a reabsorção da crista óssea e a consequente modificação da arquitectura dos tecidos moles. O espaço edêntulo delimitado apresenta inúmeras variações, em dimensão, forma e localização. Deve ser cuidadosamente avaliado, para que a opção de tratamento definida alcance o sucesso clínico pretendido, com conforto e satisfação para o paciente, a nível estético e funcional. Objectivos: Elaboração e aplicação de uma Grelha de Avaliação Clínica em espaços edêntulos delimitados de pacientes da Clínica Universitária da UCP-CRB, na área da Prostodontia Fixa. Materiais e Métodos: Análise das publicações relacionadas com as características presentes em espaços edêntulos delimitados, com recurso à MEDLINE - Pubmed e Scirus como bases de dados. Descrição de todas as consequências observáveis e reunião das mesmas numa Grelha de Avaliação Clínica, que permita uma aquisição simples e sistematizada do diagnóstico, plano de tratamento e prognóstico da reabilitação protética fixa. Aplicação clínica da grelha elaborada. Resultados e Conclusão: A reabilitação de espaços edêntulos delimitados exige, frequentemente, adaptações pré-protéticas, quer ao nível da extensão mesio-distal do pôntico, quer ao nível da crista residual. Uma abordagem multidisciplinar do paciente e do espaço a ser reabilitado é vantajosa. Com base na Grelha de Avaliação Clínica elaborada e aplicada, o Paciente 1 apresenta um espaço edêntulo delimitado avaliado em Classe 1 e o Paciente 2 em Classe 2. Ambos são minorados para Classe 0 por se tratar de situações não visíveis. O Paciente 3 apresenta um espaço edêntulo delimitado totalmente íntegro, visível em sorriso (Classe 1). Desta forma, foi possível definir um plano de tratamento e prognóstico relativamente à reabilitação dos pacientes avaliados.
Introduction: The prosthetic rehabilitation of bounded edentulous spaces ensures the balance of the stomatognathic system: replaces missing teeth, avoids opposing teeth extrusion, adjacent teeth tipping and supporting structures changes, like alveolar bone resorption and consequent alteration in soft tissue architecture. The bounded edentulous space has several variations in size, shape and location. It should be carefully assessed so that the treatment option can achieve clinical success, with comfort and satisfaction to patient at functional and esthetic level. Objectives: Elaboration and application of a Clinical Assessment Grid in bounded edentulous spaces of UCP-CRB University Clinical patients, in fixed prosthodontics. Materials and Methods: Review of publications related to the features of bounded edentulous spaces, using the MEDLINE – Pubmed and Scirus as databases. Description of all observable consequences of these and its reunion in a Clinical Assessment Grid to allow simple and standardize diagnosis, treatment plan and prognosis of fixed prosthetic rehabilitation. Clinical application of the produced grid. Results and Conclusion: The rehabilitation of bounded edentulous space often requires pre- prosthetic adjustments, at mesio-distal extent or at the residual ridge. A multidisciplinary approach of the patient and the space to be restored has advantages. Based on Clinical Assessment Grid developed and implemented, Patient 1 has a bounded edentulous space in Class 1 and Patient 2 in Class 2. Both are decreased to Class 0 for being not visible. Patient 3 has a totally intact bounded edentulous space, visible in smile (Class 1). Thus, it was possible to achieve a treatment plan and prognosis of the evaluated patients.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13627
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE Lídia Mora.pdf2,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.