Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13624
Título: Família Retalhos : estudo de caso sobre a estrutura relacional de uma família multiproblemática
Autor: Moreno Barrero, Guillermo
Orientador: Gonçalves, Armanda
Palavras-chave: Estudo de caso
Famílias Multiproblemáticas
Estrutura Relacional
Fronteiras e Psicologia Sistémica
Case study
Multiproblematic Families
Relational Structure
Boundaries and Systemic Psychology
Data de Defesa: 28-Set-2012
Resumo: O presente estudo de caso instrumental insere-se dentro das investigações qualitativas com famílias multiproblemáticas. Os oito participantes são membros de um mesmo sistema familiar, o casal, quatro filhos, o avô materno e a psicóloga do Lar onde moram os filhos. O objetivo desta investigação foi conhecer a estrutura relacional de uma família a partir de quatro instrumentos: observação participante, entrevistas semiestruturadas, genogramas e a Dupla Lua. Os resultados da investigação mostram que a estrutura relacional desta família está caracterizada por diferentes tipos de fronteiras, sendo maioritariamente rígidas as intrapsíquicas, individuais, geracionais, intrasistémicas e temporais e maioritariamente difusas as fronteiras familiares, intersistémicas e espaciais. Os temas principais que têm aparecido ligados às fronteiras são a forte presença psicológica das figuras ausentes, a baixa diferenciação dos membros e os cortes emocionais produzidos entre eles, o isolamento e a parentificação das filhas, o corte com as origens e a consequente ilusão da autogeração dos pais. Também podemos falar de uma diluição nos serviços sociais e uma vivência petrificada do tempo. Estes resultados levam-nos a concluir que a Família Retalhos está a viver uma experiência de desagregação e isolamento, marcada por uma transmissão trigeracional de corte com as origens e de dificuldade para projetar o futuro.
This instrumental case study falls within the qualitative research with families multiproblemáticas. The nine participants are members of a family system, the couple, four children, her maternal grandfather, a psychologist at home where the children live and the investigator himself. The objective of this research was to understand the relational structure of a family from four instruments, participant observation, semistructured interviews, genograms and Double Moon Research results show that the relational structure of this family are characterized by different types of border and mostly accentuating the intrapsychic, individual, generational, intrasistémicas and temporal boundaries diffuse and mostly family, intersistémicas and space the main themes that have appeared related boundaries are strong psychological presence of absent figures, the low differentiation of emotional states and the cuts produced between them, and the isolation of parentification daughters, the cut with the origins and the consequent illusion of self-generation of parents. We can also speak of a dilution in social services and an experience petrified time. These results tell us that the Patchwork Family is living an experience of detachment and isolation, marked by a transmission trigenerational cutting with the origins and difficulty in projecting the future.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13624
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertaçao de Mestrado, Família Retalhos (Guillermo Moreno .pdf4,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.