Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13621
Título: Um grupo, diferentes abordagens : a produção noticiosa na Renascença e na RFM
Autor: Serrano, Ana Raquel Antunes Figueiredo
Orientador: Ribeiro, Nelson
Palavras-chave: Rádio
Informação Radiofónica
Produção de Notícias
Política Editorial
Noticiário Radiofónico
Identidade
Formato
Audiência
Radio
Radio News
News Production
Editorial Policy
Identity
Format
Audience
Data de Defesa: 18-Nov-2013
Resumo: Num panorama mediático em que o público tem mais possibilidades do que nunca, é imprescindível que as emissoras saibam diferenciar-se num mercado radiofónico cada vez mais competitivo – que concorre entre si, mas também com outros meios. A abundância de canais radiofónicos, resultante dos constantes progressos tecnológicos, faz com que a rádio tenha de criar diariamente produtos que digam algo de si própria – algo que vá além do formato escolhido para cada canal. A facilidade de acesso a todo o tipo de informação, em grande parte pela internet, contribui também para que seja cada vez mais necessário produzir conteúdos únicos que revelem, no fundo, a política editorial seguida pela emissora, senão mesmo a identidade da marca. O presente trabalho tem assim como objectivo principal verificar se o funcionamento de várias emissoras numa única redacção influencia a produção de notícias. Além disso, pretende-se perceber se o facto de as emissoras em análise terem formatos e públicos-alvo diferentes contribui para que os seus conteúdos sejam igualmente distintos. Deste modo, realizou-se um estágio no departamento de informação do Grupo r/com, tendo como intuito observar de perto as dinâmicas particulares de uma redacção radiofónica. Desenvolvemos então uma análise aos noticiários da Renascença e da RFM, registando os elementos mais significativos em termos de informação transmitida, mantendo presente, por um lado, que possuem formatos e públicos diferentes e, por outro, que pertencem ao mesmo grupo de comunicação. Os resultados da análise a 20 noticiários de cada uma das emissoras demonstram que a RFM transmite essencialmente as mesmas notícias da Renascença. Com formatos e públicos diferentes, porém, a Renascença não só tem mais tempo disponível do que a RFM para divulgar informação, como dá um tratamento diferenciado às notícias, aprofundando-as e utilizando vários géneros. Embora a percepção inicial sugira que as emissoras dedicam mais tempo a temas diferentes, o que se verifica ao aprofundarmos a análise das notícias é que a RFM não produz conteúdos informativos que se diferenciem significativamente dos da Renascença. O estudo concretizado permite-nos notar, assim, que o funcionamento de várias emissoras numa redacção comum tem, de facto, impacto nas notícias que daí resultam, limitando a produção de conteúdos únicos para cada estação.
In a media landscape where the public has more possibilities than ever, it’s essential that radio stations differentiate themselves in an increasingly competitive radio market – which competes among itself, but also with other media. The abundance of radio channels, as a result of constant technological progress, forces radio to produce daily content that says something about itself — something which goes beyond the chosen format for each channel. The ease of access to all types of information, greatly due to the internet, also contributes to the increasing need to produce unique content that reveals the radio station’s editorial policy, as well as its brand identity. The main goal of this work is to verify if the daily work of multiple radio stations in a single newsroom influences news production. Besides, we also want to understand if different radio formats and different audience contribute to different types of content. Therefore, an internship was made at the Grupo r/com news department so that we could closely observe the particular dynamics of a radio newsroom. We then developed an analysis to Renascença and RFM’s news bulletins, pointing out the most significant elements in terms of broadcasted information, keeping in mind that they have different formats and audiences, while in the same communication group. The results of the analysis to 20 news bulletins from each radio station show that RFM basically broadcasts the same news as Renascença. With different formats and audiences, however, Renascença not only has more time to provide information, but also gives a differentiated treatment to the news, deepening them and using several genres. Although the initial perception suggested that radio stations dedicate more time to different themes, what we can verify by further analyzing the news is that RFM doesn’t produce informative content which sets itself apart from Renascença. The study helps us understand that having multiple radio stations working in the same newsroom has, in fact, impact in the news, limiting the production of unique content for each radio station.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13621
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
UCP FCH - Relatório de Estágio de Ana Raquel Antunes Figueiredo Serrano - 132210031.pdf1,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.