Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13585
Título: O Burnout nos Ajudantes de Ação Direta que trabalham em lares residenciais para idosos no distrito de Viseu
Autor: Marques, Catarina Isabel Ferreira
Orientador: Ribeiro, Célia
Palavras-chave: Síndrome de Burnout
Exaustão Emocional
Despersonalização
Realização Pessoal
Burnout Syndrome
Emotional Exhaustion
Depersonalization
Personal Exhaustion
Data de Defesa: 30-Abr-2013
Resumo: A síndrome de burnout, considerada um grande impacto na saúde do trabalhador do século XXI, constitui-se num fenômeno complexo e multidimensional, resultante da interação entre aspetos individuais e o ambiente do trabalho, interpretada como resposta ao stress laboral crônico. Definida pela exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal, designa um estado de fadiga física e emocional crónico dos profissionais, que pode comprometer as organizações. O presente estudo teve como objetivo avaliar a síndrome de burnout numa amostra de setenta e um Ajudantes de Ação Direta que trabalham em Lares Residenciais para Idosos no distrito de Viseu, através do MBI-HSS (Maslach Burnout Inventory – Human Services Survey), instrumento de perceção de sinais e sintomas de stress e caraterização sociodemográfica dos participantes. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa. De acordo com os resultados, estima-se que 15% da amostra em estudo apresenta síndrome de burnout uma vez que evidenciam altos níveis de exaustão emocional e despersonalização e baixos níveis de realização pessoal. Melhorar o ambiente de trabalho, o humor de alguns funcionários, o trabalho em equipa, melhorar o relacionamento com os idosos, o aumento do número de trabalhadores, e o aumento do salário são algumas das estratégias propostas pelos Ajudantes de Ação Direta, participantes do estudo, para que possam sentir-se ainda melhor no seu meio de trabalho.
The burnout syndrome is considered a great impact in the 21st century worker's personal health. It is a complex and multidimensional phenomenon, resulting from the interaction between the work environment and individuals aspects, interpreted as an answer to chronic work stress. Defined by emotional exhaustion, depersonalization and personal accomplishment, the Burnout Syndrome often refers to a chronic physical and emotional exhaustion of professionals that may compromise the organizations. This study aimed to measure the Burnout Syndrome with a sample of seventy one Patient Care Assistant working in residential care homes for the elderly in the district of Viseu, using the MBI-HSS (Maslach Burnout Inventory – Human Services Survey) application, instrument of perception of signs and symptoms of stress a of professional and the sociodemographic characteristics of the participants. It is a descriptive study with a quantitative approach. According to the results, it is estimated that 15% of the test sample presents burnout syndrome, showing high levels of emotional exhaustion and depersonalization and low levels of personal accomplishment. Improve the working environment, de mood of some collaborators, the teamwork, the relationship with the elderly, increase the number of employees and rising wages are some of the strategies proposed by the Patient Care Assistant, participants of the current study, so they can fell even better in their work environment.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13585
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação catarina.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.