Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13576
Título: A importância da vivência dos afectos no desenvolvimento de jovens com Trissomia 21
Autor: Mesquita, Filipa Rua
Orientador: Campos, Sofia
Salgueiro, João Esteves
Palavras-chave: Trissomia 21
Sexualidade
Educação dos Jovens com T21
Masturbação
Adolescência
Trisomy 21
Sexuality Education for young people with T21
Masturbation
Teens
Data de Defesa: 19-Fev-2013
Resumo: Com este estudo pretende-se perceber, até que ponto, os jovens com T21 estão familiarizados com a sua sexualidade, a perceção que têm sobre a sua sexualidade e o que tal pode representar nas suas vivências sociais e educativas. A adolescência é um período conturbado em qualquer jovem, cheio de desafios para os próprios e para a sua família. É nesta fase que ocorrem mudanças no seu corpo e o desejo sexual começa a emergir. Os jovens têm dificuldades em entender os impulsos que vão sentindo, pois a falta de maturidade ainda não lhes permite compreender o que lhes está a acontecer. Falamos de jovens, pois os portadores de T21 têm comportamentos iguais a jovens ditos normais. É neste processo de desenvolvimento complexo que, pais e técnicos, assumem um papel importante para a integração, destes jovens para o esclarecimento de dúvidas que surgem, para a construção de um clima de partilha e de emoções acerca da sexualidade. Surgem as necessidades de afeto, de contacto com os outros e de assunção de valores fundamentais para uma vivência saudável da sua sexualidade. Neste estudo foi analisada a importância da vivência dos afectos para jovens portadores de T21, com recurso à realização de entrevistas aos próprios, a pais e técnicos, psicólogos, professores de educação especial e a um diretor de turma. A análise dos dados permitiu demonstrar o conhecimento que os jovens têm de si, o que entendem por sexualidade e pelo uso de métodos anticoncetivos, possibilitando uma análise da sua maturidade e da importância da sexualidade no seu desenvolvimento.
This study aims to understand to what extent, young people T21 are familiar with their sexuality, their perception about their sexuality and what it may represent in their social and educational experiences. Adolescence is a difficult period in any young, full of challenges for themselves and for their family. It is at this stage that changes occur in your body and sexual desire begins to emerge. Young people have difficulty understanding the impulses that go feeling as lack of maturity yet allows them to understand what is happening to them. We talk about young people, since patients with T21 have similar behavior to young called normal. It is in this complex developmental process that parents and coaches, play an important role for the integration, to clarify questions that arise, for building a climate of sharing and emotions about sexuality. Needs arise affection, contact with others and the assumption of core values for a healthy living from their sexuality, masturbation in this adolescence. This study examined the importance of the experience of affection for young people with T21, using the interviews to themselves, the parents and coaches, psychologists, special education teachers and a class diretor. Analysis of the data has demonstrated the knowledge that young people have of themselves, what they mean by sexuality and the use of contraceptive methods, enabling an analysis of its maturity and importance of sexuality in its development.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13576
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sem anexos.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.