Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13512
Título: A assessoria externa nos territórios educativos
Autor: Machado, Joaquim
Palmeirão, Cristina
Matias Alves, José
Vieira, Ilídia
Palavras-chave: Assessoria
Aprendizagem
Compromisso
Qualidade
Refl exão
Data: 2013
Citação: MACHADO, Joaquim [et al.] - A assessoria externa nos territórios educativos. Revista Portuguesa de Investigação Educacional. ISSN 1645-4006. Vol. 13 (2013), p. 155-174
Resumo: A universalização do ensino secundário em Portugal é acompanhada por um processo de integração da escola na comunidade e reformulação de coordenação territorial das atividades educacionais. A política da escola universal torna-se mais complexa, levando para o seu interior o problema da desigualdade económica, cultural e social e a evidência da inadequação de um ensino uniforme, homogéneo e impessoal. A política territorial de ensino em Portugal inclui o Programa TEIP – Territórios Educativos de Intervenção Prioritária, que visa impedir o abandono escolar e garantir a igualdade de sucesso do aluno. O programa benefi cia de apoios específi cos nas áreas de educação e de recursos humanos, promove modalidades fl exíveis de organização pedagógica e gestão do currículo e estimula a articulação com as famílias e com a comunidade local. A nossa investigação é de natureza qualitativa, porquanto privilegia a investigação- -ação no âmbito da assessoria em cinquenta escolas “prioritárias” e visa problematizar a ação do consultor externo na organização da escola, especialmente no campo do ensino, que é o domínio dos professores onde se joga a legitimidade formal de distintos líderes escolares quando se problematiza a orientação educacional, a reorganização de grupos de estudantes, a implementação de tutorias, a articulação do trabalho pedagógico e a relação com a comunidade e as famílias. A observação participante e os vários textos produzidos por professores e consultores permitem pôr em evidência uma tensão entre, por um lado, a forte infl uência da centralização e a consequente passividade docente e, por outro, o impulso político à autonomia profi ssional e a consequente capacitação dos professores, abrindo uma oportunidade para o desenvolvimento sustentável e para o desenvolvimento profi ssional docente.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13512
Aparece nas colecções:FEP - Artigos em revistas nacionais com Arbitragem / Papers in national journals with Peer-review

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
7 joaquim machado.pdf131,5 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.