Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13261
Título: Leitura do pensamento bioético de Paulo da Cruz (século XVIII), no seu epistolário
Autor: Bezerra, João Alírio Xavier
Orientador: Serrão, Daniel
Data de Defesa: 2013
Resumo: Esta dissertação centra-se, como o título indica, na “Leitura do Pensamento Bioético de Paulo da Cruz (século XVIII), no seu epistolário”. É um trabalho original, de pesquisa hermenêutica, debruçada sobre o epistolário de um pensador humanista, porque místico. Este recuo diacrónico é coadjuvante na sincronia do pensamento bioético, porque o pensamento de Paulo da Cruz, revelado no seu epistolário, enriquece-o, precisamente porque visa o agir ético, ora dos agentes da saúde, ora de quem se interrelaciona, contribuindo também para o incremento de um novo e rejuvenescido olhar, que favorece a pessoa, principalmente a sofredora e vulnerável. O bem estar ou qualidade de vida das pessoas exige de todos um desejável agir ético, que coadjuva a Bioética, na sua transdisciplinaridade, a interagir o melhor possível, na defesa da vida, a partir dos seus quatro princípios fundamentais. No meu ponto de vista, justifica-se o trabalho que apresento pois confirma a relevância da área das Leitura em Bioética, que permitem essa viagem diacrónica ao passado para enriquecer o presente na sua sincronia, em evolução permanente. Vi-me enriquecido, como pessoa, por ter tido a possibilidade de o realizar, porque o outro sai beneficiado. Inserido na área da Antropologia – Ética e Saúde, constatei que valeu a pena ter-me embrenhado no pensamento que considero bioético de Paulo da Cruz, apesar de afastado no tempo cronológico que o separa do nascimento do termo Bioética. Justificam-se os pontos de convergência que encontrei e apresento dado o seu precioso contributo para o tal agir ético, influente numa Bioética interventiva e eficiente.
da Cruz (eighteenth century), based on his Epistolography.” It is an original work, of hermeneutics research, overlooking the epistolary of a humanist thinker, because mystical. This diachronical retreat supports him in the synchronicity of the bioethical thought, because the thought of Paulo da Cruz, exposed in his epistolary writings, enriches it, precisely because it aims to ethical action, either of health agents, or those interrelated to them, contributing to the growth of a new and rejuvenated look that favors the human being, especially those who suffer and the most vulnerable. The well-being or the people quality of life requires a desirable ethical behavior which helps Bioethics, in its transdisciplinary approach, to interact as much as possible, in the defense of life starting from its four fundamental principles. From my point of view this work that I‟m now presenting does confirm the importance of the Readings in the Bioethics area, which allow this diachronic travel into the past to enrich the present in its synchronicity, in continuous evolution. I found myself more enriched, as a human being, for having had the opportunity of doing it, because “the other” benefits from it. Inserted into the area of Anthropology – Ethics and Health, I realized that it was worthwhile having engrossed myself in the thought which I consider bioethical of Paulo da Cruz, although away in chronological time that separates him from the advent of the word Bioethics. The points of convergence that I came across and I‟m now presenting are highly relevant, given their valuable contribution to such ethical behavior, in an influent, interventionist and efficient Bioethics.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13261
Aparece nas colecções:R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
GIB - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DOUTORAMENTO-TESE-JOÃO BEZERRA.pdf40,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.