Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13227
Título: Absentismo laboral por motivos orais e avaliação da qualidade de vida relacionada com a saúde oral numa amostra de funcionários da empresa PSA Peugeot / Citroën de Mangualdade
Autor: Carneiro, Carlos Manuel Sião Martins
Orientador: Leitão, Jorge
Veiga, Nélio Jorge
Palavras-chave: Qualidade de vida relacionada com saúde oral
absentismo laboral
OHIP-14
Oral health-related quality of life
labor absenteeism
OHIP-14
Data de Defesa: 2012
Resumo: Introdução: Cada vez mais a população mundial tem vindo a adoptar comportamentos que visem uma saúde oral muito próximo do ideal. No entanto, ainda existe uma ampla taxa populacional que negligencia a saúde oral, e que não lhe reconhece o seu valor como sendo um dos factores essenciais para que possam disfrutar de um completo estado de saúde e bem-estar. Objectivos: Este estudo teve como objectivos quantificar o absentismo laboral por motivos orais dos funcionários da empresa PSA Peugeot/Citroën de Mangualde, as possíveis repercussões pessoais e laborais resultantes desse absentismo e quais os principais motivos para esse mesmo absentismo, assim como analisar quais os comportamentos de saúde oral dos funcionários desta empresa Outro dos objectivos deste estudo foi avaliar a qualidade de vida relacionada com a saúde oral destes mesmos funcionários. Materiais e Métodos: Para a realização deste estudo epidemiológico transversal, aplicou-se um questionário numa amostra de 310 funcionários da empresa PSA Peugeot/Citroën de Mangualde, assim como a aplicação da escala OHIP-14 - Oral Health Impact Profile destinado à avaliação da qualidade de vida relacionado com a saúde oral. Para a análise estatística recorreu-se ao programa informático SPSS 20.0. Resultados: Verificámos um absentismo de 11,6% por motivos orais sendo a dor dentária a principal causa (63,6%). Um total de 280 horas de trabalho foram perdidas e 580€ foram deduzidos nos ordenados dos funcionários devido a esse absentismo. O impacto da saúde oral na qualidade de vida da amostra é relativamente baixo e as principais dimensões afectadas são a “Dor” e o “Desconforto Psicológico”. Conclusões: Uma baixa taxa de absentismo laboral e um baixo impacto a nível laboral por motivos orais foram registados, no entanto mais estudos na União Europeia e em Portugal são necessários para permitir comparações e resultados mais conclusivos. De acordo com estudos semelhantes foi possível verificar e afirmar que na amostra estudada as principais dimensões afectadas são a “Dor” e o “Desconforto Psicológico” e que o impacto da saúde oral na qualidade de vida é relativamente baixo.
Introduction: The world's population has been taking better care of their oral health. However, there is still a high rate of the population that neglects their oral health, and don’t recognize its value as being one of the essential factors for a complete good state of health and well-being. Objectives: The objectives of this study was to quantify the work absenteeism due to oral reasons of workers of the PSA Peugeot/Citroën Enterprise of Mangualde, the possible personal repercussions resulting from such labor absenteeism and what are the main reasons for this same absenteeism, as well as analyzing which oral health behaviors do these company workers present. Another objective was to evaluate the oral health related quality of life of these workers. Materials and methods: We designed a cross-sectional epidemiological study with the application of a questionnaire in a sample of 310 employees of PSA Peugeot/Citroën Enterprise of Mangualde, as well as the application of the OHIP-14 scale to assess the oral health-related quality of life. For the statistical analysis we used the statistical program SPSS 20.0. Results: We found a prevalence of absenteeism of 11.6% due to oral reasons being toothache the main factor involved (63.6%). A total of 280 hours of work were lost and 580€ were deducted in the worker’s salaries due to the absenteeism. The impact of oral health on the quality of life of the sample is relatively low and the main dimensions affected were the "Pain" and "Psychological Discomfort ". Conclusions: A low rate of absenteeism and a low impact on labor by oral health reasons were recorded, however more studies in the European Union and Portugal are needed to establish more conclusive comparisons and results. According to similar studies, we can verify that in our sample the main dimensions affected were the "Pain" and "Psychological Discomfort" and that the impact of oral health on the quality of life is relatively low.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13227
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DCSV - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Mestrado Carlos Carneiro- 17-05-2012.pdf1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.