Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13214
Título: Avaliação do estádio de erupção clinica dos segundos molares mandibulares
Autor: Godinho, Daniela Filipa Amaral
Orientador: Alves, Armindo
Palavras-chave: Erupção dentária
Erupção dos segundos molares permanentes
Erupção dos segundos molares mandibulares permanentes
Emergência dos segundos molares mandibulares permanentes
Tooth eruption
Second permanent molars eruption
Permanent mandibular second molars eruption
Permanent mandibular second molars emergence
Data de Defesa: 2012
Resumo: Introdução: A erupção dentária é um processo multifatorial que descreve o movimento axial ou oclusal do dente desde a sua posição de desenvolvimento no interior dos maxilares em direção à posição funcional no plano oclusal. A erupção dos segundos molares mandibulares é um acontecimento complexo, pelo que padrões para a emergência destes dentes podem ser usados pelos ortodontistas para decidir quando iniciar ou como conceber o tratamento ortodôntico. Objetivo: Avaliar o estádio de erupção clínica dos segundos molares mandibulares e apurar a idade em que emergem na cavidade oral. Material e Métodos: As datas de nascimento foram solicitadas a cada participante deste estudo. Fez-se observação intraoral de crianças de escolas da zona urbana de Viseu, com idades compreendidas entre os 10 e 15 anos. Foi feita a avaliação do estádio de erupção clínica em que se encontravam os segundos molares mandibulares, caso estivessem presentes na cavidade oral e verificação do seu estado de integridade, fazendo anotação de todos os dados recolhidos. Procedeu-se à análise estatística de toda a informação recolhida. Resultados: Foram obtidas idades médias de emergência clínica dos segundos molares mandibulares de 12 anos e 6 meses para raparigas e 12 anos e 1 mês para rapazes, relativamente ao dente 37; no que respeita ao dente 47 auferiram-se médias de idades de 11 anos e 8 meses e 12 anos e 7 meses para raparigas e rapazes, respetivamente. A comparação bilateral demonstrou semelhanças elevadas, sendo que a comparação entre géneros revelou disparidade. Apenas 3% dos dentes avaliados entre os 13 e 15 anos se encontram totalmente erupcionados. Conclusão: Os resultados obtidos neste estudo referentes às idades de emergência dos segundos molares mandibulares, bem como à comparação entre géneros e quadrantes, não se afastam muito dos obtidos em outros estudos semelhantes. Contudo, quanto ao facto de se ter verificado uma ínfima percentagem de dentes totalmente erupcionados (Estádio V), não existem estudos que corroborem tais resultados.
Introduction: The tooth eruption is a multifactorial process which describes the axial or occlusal movement tooth since its development position within the jaws towards the occlusal plane in the functional position. The eruption of the second mandibular molars is a complex event, so it standards to the emergence of these teeth can be used by orthodontists to decide when to start or how to design orthodontic treatment. Objective: Evaluate the clinical stage of eruption of mandibular second molars and determine the age at which emerge in the oral cavity. Material and Methods: The dates of birth were asked to each participant in this study. There was intraoral observation of school children in the urban area of Viseu, aged between 10 and 15 years. Was made the evaluation of the clinical stage of eruption wherein the second mandibular molars were, if they were present in the oral cavity and check its health state, making note of all the data collected. Proceeded to the statistical analysis of all information collected. Results: We obtained mean ages of clinic emergency of the second mandibular molars of 12 years and 6 months for girls and 12 years and 1 month for boys relative to tooth 37; in relation to tooth 47 were obtained mean age of 11 years and 8 months and 12 years and 7 months for girls and boys, respectively. The bilateral comparison showed high similarities and the gender comparison revealed disparity. Only 3% of the evaluated teeth between 13 and 15 years are fully erupted. Conclusion: The results of this study with regard to age of emergence of second mandibular molars, as well as the comparison between genders and quadrants, do not deviate much from those obtained in other similar studies. However, since it was observed tiny percentage of fully erupted teeth (Stage V), no studies to corroborate these results.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13214
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DCSV - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Monografia Daniela Godinho.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.