Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/13204
Título: Novas descobertas documentais sobre os conflitos religiosos subjacentes à elaboração da primeira tradução da Bíblia em língua portuguesa (1642‑1694)
Autor: Fernandes, Luis Henrique Menezes
Palavras-chave: Tradução bíblica
Conflitos doutrinários
Índias Orientais
Século XVII
Bible translation
Doctrinal conflicts
East Indies
17th century
Data: 2013
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: FERNANDES, Luis Henrique Menezes– Novas descobertas documentais sobre os conflitos religiosos subjacentes à elaboração da primeira tradução da Bíblia em língua portuguesa (1642‑1694). Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 28 (Jul. - Dez. 2013) 241‑254
Resumo: A primeira tradução da Bíblia em língua portuguesa foi elaborada ao longo da segunda metade do século XVII, nas Índias Orientais holandesas, pelo calvinista português João Ferreira A. de Almeida (c. 1628‑1691). A bibliografia especializada sobre o seu contexto de produção focaliza, de modo geral, os dados biográficos disponíveis sobre o seu principal idealizador, bem como levantamentos tipográficos sobre as suas inúmeras edições, deixando em segundo plano o conteúdo das diversas fontes primárias correspondentes ao obstinado embate doutrinário católico‑calvinista subjacente à sua elaboração. Assim, supomos que somente a partir de uma análise acurada das obras polemistas produzidas nesse contexto será possível melhor compreender historicamente o significado desse processo de tradução. Neste artigo, de caráter introdutório, nos limitaremos a tecer uma breve avaliação bibliográfica das principais tendências interpretativas a respeito do assunto, para apresentar, em seguida, três relevantes descobertas documentais realizadas, ao longo de nossa pesquisa, sobre a literatura polemista produzida em seu contexto de elaboração.
The first translation of the Bible in Portuguese language was developed during the second half of the seventeenth century, in the Dutch East Indies, by the Portuguese Calvinist João Ferreira A. de Almeida (c. 1628‑1691). The existing literature on the context of its production is limited, however, to biographical analysis about its main proponent and to typographical surveys about the numerous editions of this translation, leaving to the sidelines the various primary sources available, related to the obstinate doctrinal struggle between Catholics and Calvinists, underlying its development. In this regard, we assume that only through an accurate analysis of the controversialist literature produced in this context, it will be possible to understand the historical significance of this translation process. In this paper, it will be presented three important discoveries about the religious writings produced in this context, held throughout our research, that will be able to enrich the historical analyzes on this confrontational translation environment.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/13204
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 028 (2013)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_2013(28)_241-254.pdf189,94 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.